A grande maioria dos humanos que dedicam um pouco do seu tempo para cuidar de um cachorro ou de um gatinho realmente amam estes fofuxos. E as pessoas acabam tendo algumas formas físicas de demonstrar este sentimento tão difícil de se definir e de se transformar em algo tangível. O beijo é uma destas formas, que pode ser considerada como a mais popular.

Então, acaba sendo muito comum que as pessoas beijem os seus pets como forma de demonstrar este afeto. O grande problema é que parece que esqueceram de combinar com nossos animais de estimação que o beijo pode ser considerado como uma demonstração de carinho. E as reações de vários destes bichinhos se tornam hilárias.

O vídeo acima compila uma série destes momentos que acaba sendo de puro amor entre os pets e os seus donos.

Problemas

Infelizmente, é preciso tomar alguns cuidados na hora de beijar qualquer tipo de cachorro ou de gato. Primeiramente, é sempre preciso ficar de olho na reação dos animais. Mesmo que eles se sintam muito amados pelos seus donos, este ato de aproximar, de uma forma brusca, o rosto da cara dos cães e gatos pode vir a ser interpretado como um tipo de ameaça.

Vídeo comprova: cães e gatos não gostam de ser beijados

Apesar dos cães também apresentarem este tipo de comportamento, é importante salientar que os gatos costumam ser mais adversos a estes tipos de demonstrações de carinhos. É muito comum conhecermos histórias de pessoas que acabam saindo arranhadas destas tentativas de beijar o seu gatinho.

Mas existem alguns outros cuidados que precisam ser tomados quando uma pessoa deseja ser carinhosa ao ponto de beijar os seus cães e gatos. Diversos estudos comprovam que que o ato pode acabar vir a provocar determinadas doenças nas pessoas. Um dos principais motivos é a grande quantidade de bactérias que vivem dentro da boca do animal.

Mesmo se o pet seja cuidado com esmero pelo seu dono, esta colônia de bactérias pode ser considerada normal, sendo que muitas delas são inofensivas para os fofuxos. Mas como o nosso corpo não está habituada com algumas delas, podem provocar doenças, sendo que as mais comuns são as relacionadas com as vias respiratórias.

Portanto, moderação na hora dos beijos.