Fofuxo.com

Enfermeira que contraiu ebola reencontra seu cão. Veja o vídeo.

Bentley ficou em quarentena e conseguiu escapar do sacrifício.

O que tinha tudo para se transformar em uma história triste acabou tendo um final feliz nos Estados Unidos. Bentley, o cachorro da enfermeira Nina Pham, que ticou em quarentena por ter contraído o vírus do ebola, finalmente foi liberado e reencontrou sua dona.

A emoção do reencontro de Nina e Bentley foi acompanhada de perto pela imprensa dos Estados Unidos e de outros países, que também estavam acompanhando o destino do cão, que chegou a ficar muito perto do sacrifício.

Enfermeira que contraiu ebola reencontra seu cão. Veja o vídeo.

Separados pelo ebola

A enfermeira Nina Pham acabou sendo a primeira pessoa nos Estados Unidos infectada pelo vírus do ebola. O contágio aconteceu logo depois ela ter tratado um homem que estava infectado e que foi para os Estados Unidos. A partir deste momento os médicos e pesquisadores destacados para cuidar do caso suspeitaram que o cão também tivesse contraído o vírus.

Nina declarou publicamente que tinha muito medo que o seu cachorro foi sacrificado sem ao menos um teste para saber se ele realmente tinha o vírus em seu organismo. Como a história acabou ganhando uma grande repercussão nos Estados Unidos e em outros países, entidades de proteção aos animais pressionaram para que nada de ruim acontecesse ao animal.

Enfermeira que contraiu ebola reencontra seu cão. Veja o vídeo.

Bentley foi colocado em quarentena e foram feitos diversos testes e exames para constatar ou descartar a presença do vírus do ebola no organismo do cão, sendo que todos eles deram negativo.

As imagens do vídeo mostram que o cão foi liberado, tratado e depois entregue a enfermeira. Bentley parece ter ficado muito feliz de estar no colo de sua dona novamente.

Postado em .


Pela Web

Comentários