Fofuxo.com

Você sabe quando o seu cão se torna um idoso?

Entenda quando o seu pet começa a exigir maiores cuidados, especialmente com a sua saúde.

Assim como a expectativa de vida dos humanos aumentou e continua aumentando consideravelmente na grande maioria dos países do mundo, em virtude especialmente das novas descobertas em relação aos cuidados que podemos ter com a nossa saúde, outros animais também acabam se beneficiando com isso. Os cães estão na lista dos que também estão vivendo mais.

Você sabe quando o seu cão se torna um idoso?

O motivo é óbvio: da mesma forma como os humanos estão conseguindo se cuidar mais para viver mais alguns anos, os animais também acabam recebendo estes cuidados, uma vez que acabaram se tornando a principal companhia das pessoas de um modo geral. Além disso, os setores que se preocupam com a produção de alimentos mais saudáveis e com a criação de procedimentos veterinários para cuidar da saúde dos pets estão avançando a cada dia.

O resultado de tudo isso é que os cães estão vivendo mais, e não é incomum encontramos cachorros de 18 ou 20 anos de idade de raças que, em média, vivem 13 ou 14 anos. E quando os cães começam a ficar idosos é importante que os seus donos passem a prestar mais atenção principalmente na saúde dos seus amigos. Mas, afinal de contas, quando é que os cães passam a se tornar idosos?

Cães idosos

A definição de idoso na vida dos cães, de acordo com veterinários e especialistas, geralmente começa a ser utilizada quando eles atingem o último ¼ da sua vida. Para tanto, ainda se utiliza as médias de idade em relação a expectativa de vida dos animais.

Por exemplo, um cachorro da raça Chihuahua, que é considerado um dos que mais vivem, possuem uma média de 15 a 18 anos de vida. Portanto, estes animais acabam se tornando idosos a partir dos 11 ou 12 anos de idade. O cálculo já acaba sendo completamente diferente em relação a idade com o Dogue Alemão, que possui uma expectativa média de vida de 10 anos. Neste caso, ele já começa a ser considerado um idoso a partir dos 7 anos de vida.

Avaliação

Mas é importante ressaltar que sempre este será um cálculo exato. Ou seja, talvez não seja necessário trocar totalmente a alimentação do Dogue Alemão no dia que ele completar os seus 7 anos. Justamente pelo fato dos animais, em média, estarem vivendo mais e com mais qualidade.

Portanto, o ideal sempre é contar com a ajuda e com a avaliação de um veterinário, que poderá entender os aspectos de saúde de um modo geral do cão para entender se ele realmente já precisa dos cuidados especiais com alimentação e atividades físicas que os cães idosos exigem. 

Postado em .


Pela Web

Comentários