Pode parecer fofinho e bonitinho, mas o fato é que cães que estejam acima do peso podem ter uma série de problemas de saúde, muitos deles iguais aos dos humanos quando também estão nesta condição física. Pois uma pesquisa feita recentemente pela Universidade de São Paulo (USP) mostra que grande parte dos tutores negligenciam o aumento de peso dos cachorros.

Maioria dos donos subestima sobrepeso de cães

O levantamento divulgado agora foi feito de novembro de 2017 a novembro de 2018, com 285 cães de 221 tutores, e teve incentivo da fabricante de alimentos Royal Canin. De acordo com as informações que foram coletadas pela pesquisa, mais de 40% dos cães apresentam sobrepeso e obesidade na cidade de São Paulo e na região metropolitana.

A pesquisa aponta que 63% dos tutores entrevistados subestimaram a condição corporal do animal, 26% disseram acreditavam que o pet tinha uma condição corporal ideal e 80% deles não foram capazes de identificar o sobrepeso e a obesidade no cão. Para a pesquisa, foram feitas visitas domiciliares e os tutores também responderam a um questionário sobre a saúde e o comportamento dos pets.

Maioria dos donos subestima sobrepeso de cães

A pesquisa mostra que as pessoas que possuem hábitos alimentares pouco saudáveis tendem a ter cachorros com sobrepeso. Cães que moram na mesma casa que uma pessoa idosa também são predispostos ao ganho de peso. Para a marca, isso pode refletir falta de caminhadas e de exercícios físicos. Além disso, esses tutores costumam passar mais tempo com os animais, o que aumenta as chances de o pet ganhar mais petiscos entre as refeições.

“A manutenção do peso em pets é uma questão muito complexa, que ainda exige compreensão e empenho dos tutores. Acreditamos que este estudo, desenvolvido pela USP, é mais um importante material de referência sobre o tema, além de ser inédito no Brasil”, diz Cíntia Fuscaldi, coordenadora de relacionamento científico da Royal Canin.

Os pesquisadores ressaltam que os donos dos cães precisam acompanhar de perto a evolução do peso dos seus cães, oferecendo alimentação adequada e fazendo atividades físicas rotineiramente. Caso, mesmo com essas medidas, o cão pareça estar acima do peso, eles devem levar o animal para uma consulta no veterinário.