Por Rodrigo Bueno

publicado em Saúde

Dores nas costas são muito comuns entre os cães, especialmente aqueles que são de porte grande. Dentre as principais causas para o problema está principalmente a calcificação de disco vertebral e a chamada espondilose. E isso faz com que estes pets tenham uma grande dificuldade no dia a dia, já que costumam sentir dores sempre que se movimentam.

Dores na coluna do cachorro

No caso da espondilose, que também pode ser mais conhecida por hérnia de disco ou bico de papagaio, é uma enfermidade degenerativa que é caracterizada pelo aquecimento de novas formações ósseas entre as vértebras que precisa ser diagnosticada e tratada por medicamentos. Em alguns casos, também pode ser necessária alguma cirurgia.

Os principais sintomas de que o cachorro está começando a sentir algum desconforto na região da coluna são os seguintes:

  • Presença de dor quando ele acaba sendo apalpado na região da coluna;
  • Cãibras acontecendo com muita frequência;
  • Alteração na forma como ele caminha, com passadas diferentes e mancas;
  • Dificuldade maior para levantar quando ele está deitado;

Dores na coluna do cachorro

Estes são apenas alguns dos sintomas que podem fazer com que o cachorro se sinta realmente muito incomodado com a dor nas costas. Neste caso, é muito importante que as pessoas levem o animal para uma consulta no veterinário. Caso o problema nas costas seja confirmado, além do tratamento é importante fazer algumas mudanças na rotina do pet:

  • Colocar tapetes antiderrapantes no local onde o pet fica mais tempo, para evitar que ele fique escorregando;
  • Deixar perto apoios que permita com que ele suba locais mais altos, como o sofá, por exemplo;
  • Trocar coleiras por peitorais nos momentos de passeio na rua, pois elas oferecem uma maior segurança e também estabilidade para o cão, distribuindo melhor os pontos de pressão;
  • Deixar potes de comida e também de água em locais um pouco mais altos, que permita que ele alcance sem precisar ficar baixando muito o pescoço.