Os humanos acabam tendo diversos problemas que estão diretamente relacionados com a pele. Afinal de contas, este pode ser considerado como o maior órgão do corpo humano e acaba tendo uma grande importância de uma forma geral, que é de proteger toda a parte interior desta grande máquina que mantem tudo funcionando.

Dicas para tratar pele seca de cães

Mas o que muitos donos de cães não sabem é que a pele dos pets também exige alguns cuidados. E não estamos falando apenas dos cães que contam com uma grande quantidade de pelos que precisam ser aparados e tratados de tempos em tempos, e sim dos animais que justamente não contam com essa camada de pelos e que possuem a sua pele mais exposta.

Os cachorros também podem acabar refletindo as condições externas climáticas na sua pele, e um problema que acaba sendo relativamente comum é a chamada pele seca, que é justamente quando os animais apresentam falta de hidratação nesta camada protetora do corpo. E os problemas que este tipo de pele causa acabam sendo muito parecidos com o que acontece quando os humanos estão com a sua pele seca.

Confira algumas dicas interessantes para manter a pele do seu cachorro hidratada.

Escovar

Um método que acaba sendo muito interessante em relação a hidratação da pele do seu animal é justamente manter o habito de escovar os cães, mesmo aqueles que não contam com uma grande quantidade de pelos. Este movimento acaba criando uma espécie de estimulo para que a pele do animal libere os óleos hidratantes.

Banhos

Dicas para tratar pele seca de cães

Os banhos são muito importantes para qualquer animal, especialmente para manter a sua higiene. Mas não é recomendado que sejam dados banhos nos cães muito frequentemente, uma vez que isso pode acabar eliminando este óleo natural que acaba sendo produzido pelo animal. Então, o ideal é manter dois banhos por mês.

Umidificador de ar

Quando o cachorro ficar muito tempo dentro de um ambiente muito seco, o ideal é que os donos invistam em um umidificador de ar, algo que pode vir a trazer uma série de benefícios tanto para os cães quanto também para os humanos.

Produtos

Existem diversos produtos disponíveis no mercado para tratar esse problema, mas não esqueça de sempre consultar um veterinário primeiro.