Fofuxo.com

Dicas para transportar um cão machucado

Saiba como realizar o transporte do seu cão machucado para o veterinário mas próximo.

Quando o pet se machuca, algumas pessoas simplesmente não conseguem raciocinar direito. Em determinados donos, o efeito é semelhante ao que acontece quando qualquer parente, especialmente crianças, acabam se ferindo na família. Alguns até conseguem manter a calma, mas outras pessoas simplesmente não conseguem saber o que fazer.

Dicas para transportar um cão machucado

Mas é importante tentar manter a calma. Geralmente quando o cachorro se machucar ele vai começar a latir e gritar com a dor, o que vai dificultar ainda mais a reação das pessoas. Mas é importante tentar abstrair. Lembre-se que a dor é normal nestas situações e o importante é conseguir pensar para agir rapidamente.

Nestes casos, o ideal é sempre conseguir uma forma de transportar o seu cachorro para o veterinário mais perto. Mas quando acontecem estas acidentes, é importante que o dono saiba como realizar este transporte para não piorar a situação do cão.

Confira algumas dicas para transportar cães machucados

Pequenos acidentes

Dicas para transportar um cão machucadoO primeiro passo é conseguir avaliar a situação como um todo. Geralmente os acidentes domésticos são os pequeno porte. Acontece quando o cachorro cai de pequenas alturas, quando torce a pata quando está tentando correr, ou quando alguma pessoa pisa nele. São exemplos de situações, mas ilustra bem o cenário: onde não existe nenhuma fratura exposta grave.

Nestes casos, o cachorro de pequeno porte deve ser pego sempre com a mão passando por baixo da barriga do animal, como se ele virasse uma pequena mala. Segure o cão pela coleira e não esqueça de sempre apoiar o animal no seu corpo.

Nos casos dos cachorros maiores, o ideal é passar um dos braços por baixo do seu pescoço, segurando o peito na dobra do seu braço. Passe o outro braço por baixo do traseiro do cão e erga o cachorro apertando seu braços um contra o outro.

Acidentes mais graves

Caso o animal não possa ser erguido facilmente utilizando as mãos, o primeiro passo será conseguir algo que possa ser utilizado como suporte para colocar por baixo do animal. No caso dos animais de pequeno porte, este suporte pode ser um cobertor. Mas tome cuidado de escolher um que esteja em condições razoáveis, para que ele não rasgue no momento de levantar o seu animal e um acidente mais grave aconteça.

É importante cuidar com a ajuda de mais de uma pessoa, sendo que uma delas vai erguendo o animal aos poucos e a outra vai passando o cobertor por baixo. É importante que ele não seja levantado muito alto do chão nestes casos mais graves.

Para os cães de médio e grande porte, nem sempre um cobertor vai dar conta do recado. O ideal nestes casos é conseguir um pedaço de madeira para servir como maca. Pode ser uma tampa de mesa, ou uma mesa de passar roupa. Antes de colocar o animal em cima é recomendado passar algumas faixas de tecido para evitar que ele se machuque com algum elemento que pode se soltar da tábua. 

Postado em .


Pela Web

Comentários