Fofuxo.com

Dicas para proteger o cachorro da cinomose

Doença está entre as que mais preocupam os donos de cachorros.

Assim como ocorre com os humanos, os cães estão vulneráveis a contrair doenças, e algumas doenças poderão ser muito graves inclusive, como é a situação da Cinomose. Levando isto em conta, é fundamental levar os cães, em especial quando filhotes para as consultas ao veterinário e dar todas as vacinas, o que é a melhor forma de evitar as possíveis doenças.

Dicas para proteger o cachorro da cinomose

Confira em seguida o que é a Cinomose, uma doença grave que poderá levar o cão a óbito em pouco tempo. Procure não se esquecer, e cuide bem do seu animal, e se previna de perder seu amigo de forma precoce, procure o proteger sempre para prevenir as possíveis ameaças de saúde dele.

O que é a Cinomose, e como ela se manifesta?

A Cinomose é uma doença bastante grave, e altamente contagiosa, que atinge cães e os levam ao óbito. A doença é provocada por vírus CDV, conhecido como Canine Distemper Virus, ou ainda Vírus da Cinomose Canina.

A cinomose conta com uma evolução de forma rápida, pelo menos de uma semana após a contaminação os primeiros sintomas poderão ser sentidos. Esta é uma doença que evolui tão rápido que as chances de cura são muito pequenas, por isso existe uma importância de levar o animal o mais rápido possível ao veterinário assim que perceber os primeiros sintomas.

Como ocorre a transmissão da Cinomose?

Dicas para proteger o cachorro da cinomose

A transmissão da doença ocorre pelo contato do animal infectado com o outro que estiver saudável, através de secreções do nariz, da boca, e pelo contato com as fezes. O vírus é tão perigoso que alguns animais poderão pegar cinomose após serem introduzidos em ambientes onde os cães tenham morrido anteriormente com a doença nos últimos seis meses.

Além disto todas as raças estão suscetíveis a doença, e alguns estudos apontam que existem alguns mais sensíveis ao vírus, entre eles o husky, greyhound, samoieda e Malamute do Alaska. Uma forma comum de contaminação ocorre nos canis onde estão diversos animais juntos, inclusive alguns doentes com outros animais saudáveis.

Como tratar a doença?

Não existe infelizmente um tratamento específico para a Cinomose, o que poderá ser feito é utilizar medicamentos para controlar os efeitos da doença e diminuir o sofrimento do cão.

O cão deverá ser isolado e tomar antibióticos e combater as infecções de trato secundário. É importante que o animal esteja em um ambiente limpo, com temperatura agradável e alimentação correta conforme indicação do veterinário.

Postado em .


Pela Web

Comentários