Fofuxo.com

Dicas para prevenir a coceira em cães

Para melhorar a qualidade de vida dos pets, especialistas indicam as situações mais comuns de coceiras e alergias.

Cada vez mais é comum uma situação onde os cães ganham espaço nos lares das famílias brasileiras. Levando em conta o aumento do afeto, níveis de preocupação e cuidados, também acabam se elevando. As clínicas, a partir disto, começam a receber mais animais para atendimentos nas mais variadas situações. conforme pesquisas realizadas por uma companhia global de saúde animal, a Zoetis, a coceira dos cães é um grande problema, e aflige ao menos 40% dos animais que se dirigem ao veterinário.

Dicas para prevenir a coceira em cães

No Brasil os tutores acabam vendo os animais como verdadeiros membros da família, e por este motivo buscam cada vez mais informações e mais atendimentos especializados. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela empresa, ao menos 63% dos 400 clínicos gerais entrevistados, informam que de três a cinco consultas diárias são por conta de doenças dermatológicas.

O que é o problema de pele canina e como prevenir?

Os alimentos

A alimentação dos cães deverá suprir por completo as necessidades nutricionais do animal, isto independentemente se for realizada com base em ração ou ainda em uma alimentação natural. A partir disto, em alguns casos, os cães poderão apresentar alergias decorrentes do consumo de algumas carnes, ou até mesmo produtos derivados do leite.

Os produtos de limpeza e cosméticos

Dicas para prevenir a coceira em cães

A maior parte dos produtos que são comercializados atualmente possuem composições químicas. Os elementos podem inclusive conter agentes alergênicos para os cães, e a partir disto, gerar não apenas uma irritação na pele, mas principalmente casos de intoxicação.

A poeira também pode ser uma aliada as alergias caninas

É fato que o pó pode gerar alergias nos animais devido á presença dos ácaros microscópicos, sendo assim a coceira um dos maiores sintomas. Muitas vezes, o tutor acredita que a causa pode ser de picadas de pulgas ou outros parasitas, mas na verdade vem de um quadro alérgico que afeta a pele por conta de ácaros de poeira.

Postado em .


Pela Web

Comentários