Fofuxo.com

Conheça alguns dos principais comportamentos compulsivos dos cães

Problemas geralmente surgem quando os cachorros não conseguem gastar toda a energia acumulada.

A grande maioria dos cães são extremamente ativos. Mesmo quando os animais são mais calmos, muitas vezes eles acabam tendo o seu comportamento adaptado a um local que acaba não proporcionando muita liberdade para que ele possa se exercitar. Até mesmo os cães da chamada terceira idade acabam tendo necessidade de movimento maior do que outros animais, como é o caso dos felinos.

Conheça alguns dos principais comportamentos compulsivos dos cães

Além deste comportamento natural estar presente, de um modo geral, na maioria das raças, algumas acabam apresentando este problema com um agravante: foram raças que ao longo de muitos anos acabaram sendo treinadas para trabalharem lado a lado com o homem. E em um curto período de tempo (levando em consideração a história) acabam se tornando apenas cães de companhia.

O resultado deste acumulo de energia que muitas vezes os cães não conseguem gastar é justamente os chamados comportamentos compulsivos, que podem inclusive prejudicar a saúde dos animais.

Confira alguns destes principais comportamentos compulsivos que os cães apresentam e fique de olho no seu cachorro.

Comportamentos compulsivos

Conheça alguns dos principais comportamentos compulsivos dos cãesNa grande maioria dos casos os comportamentos compulsivos apresentados pelos cães são determinadas atitudes que são repetidas à exaustão pelo animal. Um dos mais comuns, por exemplo, é quando o animal começa a morder frequentemente a sua pata e tentar arrancar partes da sua unha.

Este tipo de comportamento acaba sendo enquadrado dentro de uma série de outras atitudes contra o corpo do próprio animal. Alguns cães passam a se coçar com uma grande frequência, sendo que alguns chegam a fazer feridas sérias.

Existem também alguns comportamentos que acabam sendo de forma externa, como quando o animal passa a destruir móveis de dentro da casa, ou quando eles brigam muito com outros animais que são de convívio dele nos dia a dia.

Assim que o animal passa a apresentar qualquer um destes comportamentos, o mais importante é levar o animal para uma avaliação veterinária. Isso é muito importante antes de qualquer atitude porque o cão também pode estar apresentando algum problema de saúde que esteja causando aquela coceira na pele, por exemplo. Estas possibilidades devem descartadas ou então tratadas com uma certa antecedência antes de qualquer outra atitude.

Dicas para tratar os comportamentos compulsivos

- Certifique-se sempre se o cão possui escapes dentro de casa ou do pátio para conseguir gastar a sua energia acumulada durante o dia. Isso significa oferecer para o animal um brinquedo que ele possa se entreter por um bom tempo, ou um bom osso.

- As saídas devem ser diárias, e caso já sejam, é conveniente tentar aumentar a frequência e a intensidade das caminhadas. Caso a pessoa não tenha tempo, existem serviços de passeadores de cão nas principais cidades do Brasil que podem ser alternativas interessantes.

- Deixar o cachorro ver o movimento da rua pode também ser uma atividade interessante para eles. Para as pessoas que moram em apartamentos, ensine ele a ficar de pé apoiado em alguma janela para ver a rua, mas não esqueça de colocar grades para evitar qualquer acidente.

- Nos casos mais sérios existem medicamentos que podem ser dados ao cão e que conseguem acalmar o animal. Mas não esqueça de consultar um veterinário antes. 

Postado em .


Pela Web

Comentários