A páscoa é uma das datas mais comemoradas pelas pessoas que amam chocolate. Mas, nessa época do ano, também é importante lembrar que o doce pode ser um alimento saboroso e nutritivo para os humanos, mas que deve passar sempre muito longe da dieta dos cachorros.

Confira os principais motivos para não dar chocolate para seu cão

Basicamente existem 4 grandes motivos para não dar chocolate para os cães:

- Grande risco de intoxicação;

- Pode causar distúrbios gastrointestinais, como diarreia e vômitos;

- Pode desencadear arritmias cardíacas;

- Pode levar ao óbito

Mesmo parecendo um tanto quanto exagerado pensar que o chocolate pode acabar matando os nossos amigos cachorros, o risco realmente é grande. Especialmente quando o chocolate acaba sendo ingerido em altas quantidades pelos cachorros, algo que pode acontecer em um momento de descuido de parte dos donos.

Existem duas substâncias que podem ser encontradas no chocolate e que acabam sendo muito perigosas para os cães: cafeína e teobromina. Nenhuma delas é metabolizada da forma adequada pelo organismo dos cachorros.

Confira os principais motivos para não dar chocolate para seu cão

Todos os chocolates oferecem riscos para os animais, mas alguns tipos são considerados como os mais perigosos. Diferentemente do que acontece com os humanos, quanto mais amargo for o chocolate maior o risco para a saúde dos cães. Isso acontece porque este tipo de chocolate conta com mais teobromina e são os mais tóxicos.

Outro problema relacionado a teobromina é uma característica que faz com que ela permaneça por até seis dias no organismo. Dessa forma, a intoxicação pode acabar acontecendo quando os cães comem pequenas quantidades de chocolate ao longo dos dias. Ou seja, nem sempre apenas as grandes quantidades serão as vilãs.

Portanto, não esqueça: nessa páscoa, nada de chocolate para o seu cão.