Depois que colocamos a comida no prato dos nossos pets, alguns costumam comer tudo de uma vez só, enquanto que outros deixam e vão comendo aos poucos ao longo do dia. Mas, quando isso acontece, existe um risco dos insetos tomarem conta do prato. E este tipo de episódio costuma ser mais comum nos dias mais quentes do ano.

Confira algumas dicas para evitar infestação de insetos nos alimentos dos pets

Além disso, também existe o risco dos insetos acabarem entrando dentro dos pacotes das rações quando não ficam bem fechados. E isso pode causar uma série de problemas. Os mais simples são aqueles que acabam sendo os que fazem com que os alimentos tenham que ser colocados fora. Mas, em outros casos, esta comida pode ficar contaminada e pode até mesmo causar doenças em cães e gatos.

Moscas, baratas, formigas e outros insetos acabam se tornando uma ameaça, especialmente em ambientes onde existem mais mato ao redor. Para evitar estes problemas, confira algumas dicas:

Cuidado com as embalagens

Os pacotes onde ficam alimentos, como as rações secas, devem estar sempre muito bem fechadas. No momento da compra, os consumidores devem ficar atentos aos possíveis rasgos ou furos. Além disso, em casa eles devem estar sempre bem fechados. Pode ser mais interessante colocar a ração dentro de potes que fecham hermeticamente.

Cuidado com a temperatura do local

Confira algumas dicas para evitar infestação de insetos nos alimentos dos pets

Os pacotes de comida dos pets devem sempre ficar em locais que estejam bem arejados e nunca expostos a altas temperaturas. Muitas vezes, armários que ficam fechados e expostos ao sol podem acabar fazendo com que a comida estrague rapidamente.

De olho na quantidade

Na hora de colocar o alimento na tigela do pet, é sempre importante ficar de olho na quantidade. É preferível que o pet receba porções menores mais vezes ao longo do dia do que uma grande quantidade apenas uma vez, pois este alimento pode sobrar e chamar os insetos.