Muitos gatos são sensíveis a alimentos considerados comuns, o que pode não ser nada para os humanos nem para outros animais, para gatos podem gerar alergias bastante perigosas.

Confira algumas das alergias mais comuns em gatos

Gatos que passam por um maior tempo fora de casa são os que estão mais sujeitos a possíveis alergias vindas de pulgas e de pólen. A partir disto, os gatos mais obesos ou expostos a fumo de cigarro possuem uma maior propensão de desenvolver doenças respiratórias como a asma.

Se seu gato possui alergias, é sinal de que ele será muito mais sensível a algumas substâncias, e pode sofrer reações alérgicas sérias. Caso seu gato seja exposto a algum tipo de elemento alergênico, enquanto seu organismo tentar se livrar do elemento, seu corpo deverá manifestar uma série de sintomas.

Conheça os principais sintomas de alergias em gatos

Dentre os principais sintomas de alergias em gatos podemos citar os espirros, torres ou ainda se sofrer de asma a chamada pieira.

Há ainda situações de comichão e aumento de coceiras, bem como lacrimejar dos olhos.

Confira algumas das alergias mais comuns em gatos

Outras alergias se manifestam através de comichão na base da cauda, principalmente no caso de alergias a pulgas, bem como orelhas com comichão e infecção de ouvidos.

Situações pontuais que podem acontecer, como por exemplo diarreia, vomito, patas inchadas ou mastigar das mesmas, além de ressonar (provocar som na respiração que identifica garganta inflamada).

Os gatos que são alérgicos a algum tipo de alimento devem ter alguns sintomas comuns como por exemplo coçar da cabeça e pescoço, bem como problemas gastrointestinais, entre eles a diarreia e o vômito.

Alergias alimentares nos gatos podem surgir a qualquer momento e a qualquer idade. Se você souber por exemplo, que seu gato é alérgico a arroz, precisa evitar qualquer tipo de alimento que tenha este tipo de componente ou ainda seus derivados.

Na dúvida, se seu gato mostrar qualquer comportamento incomum, deve ser levado ao veterinário, e ele irá fazer um histórico clínico e exames físicos para determinar as fontes de reação alérgica do pet.