Caso você tenha acabado de ganhar, comprar ou mesmo achar um filhote de cão, e ele está bonito, saudável, é importante que mesmo assim você o leve ao veterinário para que ele receba os primeiros cuidados. Geralmente, estes cuidados acabam se iniciando após o desmame, algo em torno de 30 dias de vida, para conferir seu estado de saúde.

Confira os 5 principais cuidados com a saúde dos filhotes de cachorros

Conheça os principais cuidados com a saúde de seu filhote

Os exames de fezes

Entre 25 a 30 dias de idade, antes de começar o processo de vacinação no cãozinho, é possível identificar diferentes parasitas e escolher o melhor vermífugo para seu cão, este processo irá preparar o seu filhote para doses de vacina seguidas.

Sobre a vermifugação

A partir do exame de fezes ou ainda antes se isto for necessário, quando visualizada a presença de vermes nas fezes. Os donos do cãozinho poderão começar a vermifugação do mesmo já com 30 dias de idade, procurando repetir a dose depois de 15 dias e depois um novo ciclo ao final do processo de vacinação. Esta é uma dose que poderá ser calculada conforme o peso do animal, por isso consulte um veterinário para a melhor indicação.

A vacinação dos cães

Para os animais que são saudáveis e vermifugados, depois de sua introdução ao ambiente definitivo, e quando houver se alimentado normalmente com ração, evitando assim a coincidência com situações de estresse do cãozinho.

A primeira dose de vacina, deve ser oferecida entre 45 a 60 dias de idade, a vacina Polivalente entre V8 e V10.

Confira os 10 principais cuidados com a saúde dos filhotes de cachorros

A segunda dose por sua vez, deve ser oferecida 30 dias após, com uma segunda dose de V8 ou V10 e a primeira dose de vacina contra Bordetella, que é a famosa gripe dos cães.

A terceira dose de vacinas, deverá ser oferecida 30 dias depois da segunda dose de V8 ou V10, e a segunda e última dose de vacina contra a Bordetella.

A quarta dose deverá ser oferecida 30 dias após a última, com vacina Antirrábica de dose única, para diversos animais, dependendo da avaliação do médico, deverá ser feita novamente uma quarta dose de vacina V8 ou V10.

A castração precoce

Sempre que a opção for feita pela não reprodução do animalzinho de estimação, é interessante que seja realizada a castração precoce das fêmeas a partir do seu quinto mês de vida, onde ocorre a troca dos dentes caninos, este processo facilita principalmente a prevenção de tumores de mama. Já nos machos, existe uma indicação para evitar marcar territórios com a urina ou mesmo diminuir a sua agressividade.

O cuidado com os dentes

É fundamental que se condicione o animal a escovação de dentes, a partir do segundo mês de vida, com um intuito de se acostumar com este processo de escovação. Os cães que escovam os dentes de forma regular, não precisam realizar o tratamento periodontal, eliminando assim riscos de anestesia e economizando desta forma nos custos deste tipo de tratamento.