Fofuxo.com

Cigarros podem ser um grande problema para o seu cachorro

O cigarro não faz mal apenas para os humanos. Conheça alguns dos problemas que a fumaça da nicotina também causa ao seu pet.

Durante muitas décadas fumar foi considerado fundamental entre as pessoas que queriam ser aceitas em determinados grupos sociais. Hoje em dia, a indústria tabagista, apesar de ainda faturar milhões com a venda dos cigarros, enfrenta uma grande dificuldade para anunciar seus produtos. Além de todas as restrições que existem para publicidade, os próprios produtos são forçados a exibirem campanhas contra o cigarro.

Cigarros podem ser um grande problema para o seu cachorro

E isso é claro que tem um motivo: a grande quantidade de problemas que o cigarro causa para a saúde das pessoas. Mas não são apenas os humanos que acabam sendo prejudicados com o fumo. Os animais de estimação também podem sofrer com a fumaça, especialmente os cachorros, que costumam ficar mais próximos dos donos.

Fumante passivo

Cigarros e cachorrosUma expressão acabou ficando bastante conhecida especialmente depois que esta grande guerra contra o fumo acabou sendo deflagrada: fumante passivo. A ideia era fazer com que as pessoas entendessem que quando acendem um cigarro elas não estão colocando em risco apenas a sua saúde, mas também a saúde das pessoas que estão próximas.

Mas os cachorros também podem sofrer de sérios problemas de saúde quando ficam respirando a fumaça do cigarro de maneira passiva. As principais doenças que podem surgir em decorrência desta fumaça são as seguintes: bronquite alérgica, dermatológica, problemas respiratórios e porque não dizer o câncer.

Alguns profissionais da área vão ainda mais adiante em relação aos males que podem surgir nos cachorros por causa da fumaça do cigarro, como coceiras, dermatites, lesões na pele e também nas córneas.

O que fazer?

Neste caso não existem muitas alternativas relacionadas a prevenção que possam ser tomadas pelos donos. Basta não fumar perto do seu cachorro. Se estiver dentro de um apartamento, procure sempre ir para a sacada ou para a janela, sem que o cachorro esteja presente ao lado. Também tome cuidado com o cigarro que é deixado no cinzeiro em ambientes onde o cachorro fique durante muito tempo.

Caso perceba que o seu cão já apresente algum problema relacionado a respiração, leve ao veterinário imediatamente. 

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários