A chuva faz parte da natureza e os animais que vivem livremente acabam aprendendo a lidar com os dias nos quais cai água do céu. No caso dos cachorros domésticos, como a grande maioria vive protegido, pegar chuva pode parecer um ato cruel e desumano. Mas existem pessoas que defendem os banhos de chuva, inclusive como uma forma de aumentar o contato com a natureza.

Cachorro pode tomar banho de chuva?

Mas, afinal de contas, os cachorros podem tomar banho de chuva?

Bom senso

Este é um dos casos que acaba prevalecendo o bom senso. Em sí, o banho de chuva pode causar poucos problemas em termos de saúde dos animais. Mas é preciso entender as consequências de um banho de chuva e prevenir os problemas que podem surgir.

Os passeios durante os dias de chuva podem se tornar mais problemáticos para aqueles cães que não estão acostumados ou que possuem muito medo de barulho. Por isso, é preciso avaliar este tipo de situação antes de sair com seu fofuxos em um dia molhado.

Além disso, nos dias mais frios a água pode abrir caminho para algumas doenças em cães. Por isso, os banhos de chuvas são recomendados apenas nos dias mais quentes.

O que fazer depois de um banho de chuvas?

Cachorro pode tomar banho de chuva?

Independentemente se estiver fazendo um dia frio ou um dia quente quando o cachorro toma um banho de chuva, é importante que o cachorro passe por alguns procedimentos. Eles precisam ficar bem secos depois, pois a umidade pode causar doenças de pele. Isso deve ser feito especialmente nos cães que possuem mais quantidade de pelos ou de dobras pelo corpo.

Além disso, é importante sempre fazer uma boa revisão higiênica no animal, especialmente aqueles que moram dentro de casa. Afinal de contas, os dias de chuva geralmente deixam a rua cheia de barro, o que pode sujar as patas do seu cão e, consequentemente, o resto da casa.