Cachorros ofegantes, com a língua para fora, é algo relativamente comum de acontecer. Muitos donos acabam fazendo uma ligação direta com o calor. E isso não deixa de ser verdade. O mecanismo respiratório do cachorro se torna muito mais eficiente quando ele fica com a língua para fora, funcionando como uma espécie de refrigeração interna.

Cachorro ofegante: confira as principais causas

Mas nem sempre o cachorro está em um ambiente com calor acima da média e mesmo assim aparece ofegante. Além disso, é normal que o cão fique muito ofegante depois de fazer uma determinada atividade física. Mas, em alguns casos, o cachorro pode simplesmente estar parado, sem fazer muito esforço, para começar com um processo de respiração que deixa ele ofegante.

Confira alguns motivos menos comuns, mas que podem acontecer, para deixar o seu cachorro ofegante:

Problemas cardiovasculares

Quando os cães ficam ofegantes sem um motivo externo aparente, a chance de ter algum problema interno com o seu corpo é grande. Algumas doenças cardiovasculares podem estar dificuldade o bombeamento do sangue pelo corpo do animal. E isso pode fazer com que ele tenha que buscar energia de outros lugares e de outras formas, como a respiração.

Tosse de cachorro

Cachorro ofegante: confira as principais causas

Quando, além de ficar ofegante, o cachorro também apresenta alguns outros sintomas, como a tosse, pode ser que o pet esteja com algum problema respiratório. Neste caso, é fundamental levar ele em um veterinário para um diagnostico mais rápido e preciso. Pode ser que ele tenha engolido alguma coisa que esteja obstruindo seu sistema respiratório, ou então pode ser uma doença que esteja causando essa dificuldade em respirar.

Ansiedade, estresse ou desequilíbrio emocional

Também pode ser que o cachorro esteja apresentando algum tipo de problema de caráter emocional. Tanto a ansiedade quanto o estresse costumam ser dois fatores que podem gerar alterações nos padrões corporais das mais variadas formas. Um sintoma físico para o estresse costuma ser a respiração ofegante, pois é o corpo do cachorro tentando controlar e restabelecer a normalidade.