Por Rodrigo Bueno

publicado em Saúde

O comportamento que os cães apresentam no dia a dia, na grande maioria dos casos, é reflexo direto da sua história até aquele momento. Por isso, mesmo que existam algumas raças de cachorros que acabam tendo alguma propensão maior a ataques de fúria, a agressividade pode ser corrigida e controlada.

Agressividade do cão: Saiba o que fazer para lidar no dia a dia.

Antes de mais nada, é muito importante que as pessoas entendam o seu cachorro, levando em consideração informações básicas sobre o seu passado, como se ele já sofreu algum tipo de agressão ou de maus tratos. Além disso, também é importante identificar os sinais que ele demonstra no momento em que apresenta os comportamentos agressivos.

Confira algumas dicas do que fazer no dia a dia para lidar com a agressividade de um cão:

Faça com que eles gastem suas energias

Grande parte dos problemas em relação a agressividade e a ansiedade dos cães acabam sendo resolvidos quando eles gastam a energia que fica acumulada. E isso se torna ainda mais importante quando estamos falando de um cachorro de porte grande que fica muito tempo preso dentro de um pátio pequeno ou de um apartamento.

Não mantenha o cachorro preso o tempo todo

Agressividade do cão

Muitas vezes as pessoas prendem os seus cães justamente por medo que eles façam alguma coisa para alguém estranho que chega na casa. Mas este tipo de coisa só vai fazer com que o pet se torne ainda mais agressivo. Portanto, é importante diminuir o tempo dele preso e investir em exercícios de socialização.

Não obrigue o cão a nada

Quando não estiver fazendo algum exercício ou atividade relacionada a educação e adestramento do seu pet, nunca obrigue ele a chegar perto de uma pessoa estranha ou brincar com uma criança. As reações de alguns cães ao estresse causado por este tipo de comportamento podem ser agressivas.

Verifique a saúde do pet

São inúmeros os casos de pessoas que acabam descobrindo que o seu cachorro estava sendo agressivo apenas porque estava sentindo alguma dor causada por doença. Por isso, é importante sempre manter as informações em dia sobre a saúde do seu pet.