Roncar é algo relativamente comum entre diversos mamíferos enquanto eles estão dormindo, especialmente entre as pessoas. Alguns roncam mais, outros menos, e existem diversos fatores que acabam interferindo diretamente nos barulhos que fazemos e que sempre são escutados pelas outras pessoas.

5 motivos que fazem seu cachorro roncar

Com os cachorros acontece a mesma coisa. Alguns dos motivos são considerados perfeitamente normais, mas alguns outros podem indicar problemas mais graves que precisam ser investigados. Quando o ronco é muito persistente, muito alto ou quando ele dificulta a capacidade de respirar dos animais pode ser motivo para prestar atenção.

Confira 5 motivos que fazem com que seu cachorro ronque.

Obstrução das vias respiratórias

Muitas vezes o ronco pode indicar que os animais estejam com algum problema mais grave relacionado a sua respiração. Às vezes, alguns elementos externos podem simplesmente entrar no nariz ou na garganta dos animais, fazendo com que eles tenham mais dificuldade para respirar.

Anatomia de algumas raças

Este motivo é interno e está diretamente relacionado as características de determinadas raças. Todos os cães que possuem narizes pequenos e achatados podem acabar roncando mais do que outras raças. É o caso de pugs, terriers e bulldogs. Estes cães também tendem a ter mais problemas respiratórios.

Alergias

5 motivos que fazem seu cachorro roncar

Alguns cães podem desenvolver alergias ao longo da sua vida, da mesma forma como acontece com os humanos. Essas alergias podem estar relacionadas a cheiros ou substâncias, dentre elas poeiras, pólen, perfume e até mesmo outros animais. Essas alergias podem acarretar construção e roncos.

Obesidade

Cães que estão acima do peso também tendem a roncar mais do que aqueles que estão no seu peso ideal. E isso pode causar problemas mais graves, como o fechamento da traqueia, levando a uma dificuldade extrema em manter a respiração normal.

Medicamentos utilizados ao longo do dia

Determinados tipos de medicamentos podem ter o poder de relaxar tanto o corpo dos animais que eles vão acabar roncando mais durante o sono. É algo muito comum quando se utilizam relaxantes musculares, por exemplo.