Por Rodrigo Bueno

publicado em Saúde

A situação animais domésticos abandonados pelas ruas das grandes cidades é considerada um grande problema que deve ser enfrentado principalmente pelo poder público. Existem muitas instituições que acabam sendo criadas também justamente para que estes pets tenham uma situação menos arriscada. Mesmo assim, não basta para atender a grande demanda neste quesito.

5 formas de ajudar cães e gatos de rua além da adoção

Na grande maioria dos casos, as ONGs que atuam neste segmento focam muito nas feiras de adoção, já que é muito caro manter um pet nas instalações das entidades por muito tempo. Mas existem também algumas outras formas de ajudar para quem não pode adotar um novo pet no momento.

Doe suprimentos para as ONGs

Essas entidades encontram muitas dificuldades para manter o seu funcionamento, sendo que o principal problema é a falta de suprimentos considerados básicos, como ração, acessórios e remédios veterinários. Fazer doações para entidades sérias que atuam no seu bairro pode ser uma excelente forma de contribuir para a causa dos pets de rua.

Divulgue ações nas suas redes socais

5 formas de ajudar cães e gatos de rua além da adoção

Você pode não ter condições, no momento, de adotar um novo cachorro ou gato para o s eu dia a dia. Mas isso não significa que as outras pessoas do seu convívio não possam. E muitas estão procurando um novo amigo. Por isso, nunca deixe de compartilhar ações como feiras de adoções nas suas redes sociais.

Se torne um lar temporário

Muitas ONGs trabalham com um sistema de lares temporários. Basicamente a pessoa fica na sua casa com um ou mais pets até que a instituição consiga encontrar um lar permanente. Essa acaba sendo uma forma interessante de ajudar para pessoas que, por exemplo, possuem apenas disponibilidade em alguns meses do ano.

Denuncie casos de maus tratos

É fundamental denunciar para as autoridades públicas os casos de abandono ou de maus tratos contra os animais de estimação. Nos últimos anos diversas leis foram criadas ou aprimoradas para punir as pessoas que cometem tais atitudes contra os pets.

Se envolva no trabalho voluntário

Pode ser interessante se envolver, de alguma forma, no trabalho voluntário focado em ajudar os animais de rua. A ideia é ajudar com tempo, para quem não consegue adotar e nem ajudar com dinheiro. Muitas ONGs precisam de pessoas para ajudar nas mais variadas tarefas.