Fofuxo.com

Lhasa apso

Saiba tudo sobre a raça Lhasa apso. Origem, caraterísticas físicas e emocionais, ficha técnica, fotos, etc.

O Lhasa Apso é um cãozinho é um cãozinho considerado excelente para companhia, vindo de um cruzamento entre raças terrier e spaniel tibetano possuem uma aparência bastante peculiar.

É um excelente cãozinho para companhia que faz toda a diferença pois é extremamente dócil e carinhoso, auxiliando muito inclusive pessoas que possuem doenças graves, conheça a seguir um pouco mais sobre um dos bichinhos mais queridos dos criadores de cães.

https://static.fofuxo.com.br/_upload/galleries/2013/04/16/lhasa-apso-516d5d21b1879.jpg

Origem

Lhasa ApsoNo passado estes cães eram de propriedade exclusiva de religiosos e nobres, o Lhasa Apso guardava os templos e mosteiros do Tibet. Além de sua função de sentinela, acreditava-se que este cão trazia muita sorte. Era de crença geral que após a morte, a alma do dono encarnava em seu cão. E por esta ração o Lhasa Apso era considerado como um animal sagrado.

Seu nome deriva de Lhasa, a capital do Tibet, e a palavra apso que significa sentinela que late.

Devido a sua grande simpatia, estatura pequena e beleza física o cão se tornou um excelente exemplar de cão de guarda. Em seu país de origem pelo menos até a anexação pela República Popular da China, o cão vivia nos mosteiros e seus exemplares mais bonitos e valiosos se encontravam no Potala, que era o palácio do Dalai Lama, e nas casas de ministros e outras pessoas de posição.

Era praticamente impossível se ter um exemplar por dinheiro, e excepcionalmente como prova de benevolência poderiam ser presenteados, também na China na corte imperial os que chegavam do Tibet eram tidos como oferendas tributárias sendo bem aceitos e contribuindo para formar a raça Shih Tzu.

Os exemplares do Lhasa Apso naquele país são considerados como pedras preciosas, e o cão poderá tanto ser uma companhia agradável como um guarda eficiente para casas, principalmente em apartamentos onde o espaço é menor. É um cão considerado dócil mas de grande coragem. É dotado de um ouvido finíssimo, se percebe bem os rumores leves e longínquos dando assim o alarme com a sua característica voz clara e aguda, por esta ração é chamado na língua tibetana como  "Apso seng kye" isto é o cão sentinela de latido de leão.

É um cão considerado profundamente quieto, calmo e não é roedor, é capaz de ficar por horas e horas deitado perto de seu dono, algo muito higiênico. Somente costuma fazer suas necessidades em locais apropriados e ensinados, uma característica que vem de seus antepassados. Nunca costuma sujar o lugar onde come ou dorme e é um cão que gosta muito de carinho mas também possui um temperamento muito independente, de caráter alegre é cheio de segurança, porém prudente e desconfiado com desconhecidos, característica formada pelos cães que viviam nos mosteiros e que são seguidas pelos cães até hoje.

A raça surgiu no Brasil no ano de 1966 trazida pelo criador Denis Duveen.

Características

Lhasa ApsoA forma e proporções de sua cabeça são fundamentais para a tipicidade do animal, em alguns termos são vamos mostrando um stop moderado e perfeitamente plano, apesar disto é preciso se ter em mente que a cabeça deverá parecer sempre gentil, dando a impressão inquisitiva e colaborativa com o seu dono.

Possui uma dimensão aproximada de 4 cm sendo inserida nos padrões para melhor se fixar as características de tamanho e também proporção da cabeça e do corpo da raça que a distingue de outras assemelhadas ou mesmo de origens próximas.

Seus olhos deverão ser um pouco amendoados dando-lhe um aspecto um pouco oriental, devem ser escuros e apesar de alguns exemplares mais antigos contarem ainda com olhos mais claros, podemos considerar isto como uma falta e estes animais não devem ser utilizados para reprodução.

Um ponto importante também para criação deste cão é o fato de não mostrar o branco dos olhos, estes que poderão ficar em conjunto com a cabeça exercendo uma grande importância no conjunto, e não devem estar de forma demasiada próximos um do outro. A raça não é característica como possuidora de problemas de saúde nos olho.

A inserção das orelhas é na altura dos olhos e de seu comprimento até a superfície inferior do seu maxilar inferior.

De acordo com os últimos padrões da raça é importante que os maxilares sejam levemente pronunciados podendo chegar a uma mordedura até a tesoura. Apesar disto um forte prognástico inferior é tão indesejável quanto um superior excessivo. Caso ocorram uma dentição curvada como a dos Collies é algo indesejável.

Seu pescoço deverá ser verificado com atenção, a posição de inserção do pescoço com relação a cernelha pois em algumas linhas de sangue americanas apresentam uma curvatura na inserção que poderá dar a impressão de cernelha que deve se localizar um pouco mais atrás, uma maior angulação e ainda um escapulo umeral.

O cão desta raça deverá contar com ombros bem colocados, em torno de 45 graus. É um cão de proporção retangular o que é suficiente para uma boa movimentação. Deverão ser penalizados exemplares que contarem com ossos curvados, sem contar as demais faltas como cotovelos abertos, mãos francesas. É importante ainda ter o cuidado nas munhecas fracas ao se apoiar sobre o solo.

Seus membros posteriores devem ser hábeis para pular obstáculos. São desenvolvidos não para suportar peso mas sim para impulsionar uma correta angulação, é importante também se verificar os defeitos mais comuns como jarrete de vaga ou de foice, os posteriores deverão ser retos e paralelos desde que vistos de trás. Por ser uma raça considerada de criação que se iniciou sem bases cinófilas é possível se encontrar exemplares com defeitos de aprumos nos trens tanto anteriores como posteriores, que deverão ser penalizados, podemos encontrar animais com estrutura admirável devemos considerar uma penalização, apesar disto podemos encontrar animais com estrutura admirável algo desejável para a criação e para a pista.

Seus pés são retangulares o que de certa forma contradiz os termos de cão compacto, e todos estes aspectos deverão ser analisados através deu uma minuciosa apalpação sendo complementadas pela crítica em sua observação.

Pelagem

É muito importante a inspeção de textura da pelagem deste animal, sua aparência deverá ser fina e contar com subpelos, os cães com aparência considerada fofa são indesejáveis. É importante se ter a impressão de que um pente poderá ser passado com facilidade. Com o passar de sua idade a sua textura dos pelos costuma mudar.

Os padrões da raça eliminam qualquer tipo de preferência de cor, que poderá ser diferenciado de uma nítida preocupação com a sua estrutura e seu tipo.

Temperamento

Lhasa ApsoApesar de sua aparência de cãozinho do colo, o cão da raça Lhasa Apso tem um temperamento forte. É independente, teimoso e corajoso. Apesar de ser sempre louco por brincadeiras e caças, ele fica feliz em ser estimulado a correr e brincar. Fica muito feliz também cochilando ao lado de seu dono ou mesmo no colo, tornando assim algumas características de um cão que será bastante companheiro de aventuras. É um cão muito desconfiado com estranhos.

Como cuidados, ao levar o cãozinho para a casa é importante mostrar a ele o seu lugar, vale lembrar que ele é um cão de companhia que gosta de ficar onde normalmente tem pessoas. Deixa sempre seus pertences neste lugar e sempre que ele estiver dormindo em outro lugar leve para onde você quer que ele fique.

Procure explicar as crianças que o animal não é um brinquedo, que ele possui necessidades e sentimentos, como todos os seres vivos, principalmente nos primeiros dias de ter o bichinho em casa, procure controlar a ansiedade das crianças e as ensine a cuidar e zelar pelo animal de estimação, não fazendo dele um brinquedinho, desta forma você irá contribuir para a melhora do ser humano estimulando nas crianças a responsabilidade e ainda um amor incondicional à natureza e aos animais.

É importante a escovação do pelo menos três vezes por semana.

Para acostumá-lo já que ele é nervosinho, procure colocar após 3 meses todos os dias uma coleira levinha no seu pescoço e o deixe se acostumar aos poucos, cada dia deixe alguns minutos e depois coloque a guia, vá brincando com ele com a coleira e a guia até que ele se acostume.

Gostam muito de ossos, que ajudam em sua manutenção dos dentes e prevenção de tártaro, você poderá comprar em casas especializadas, ossos próprios para a limpeza dos dentes, desta forma além de distraí-lo irá limpar seus dentes.

Saúde

Lhasa ApsoO Lhasa Apso é considerado um cão saudável, e não oferece problemas genéticos, como preocupações menores de doenças podemos contar com a luxação da patela, entrópio, distiquíase, PRA, hipoplasia renal e cortical.

Por ser um excelente cão de apartamento deverá se exercitar para não ficar obeso,  não é um cão preparado para o ar livre e por isso caso seja tratado desta forma poderá adoecer. Seu longo pelo necessita ser escovado a cada dois dias. Antes de dar banho procure utilizar um aquecedor e desembarace os nós do pelo. Uma vez que estiver molhado fica bastante difícil se desatar os nós de cabelos.

Ficha Técnica do Lhasa apso

Ficha Técnica do Lhasa apso
Nome Original Lhasa apso
País de Origem Tibete
Porte Pequeno
Utilização Companhia
Cuidados Especiais escovação do pelo menos três vezes por semana.
Características Físicas Cabeça: pesada, guarnecida por pelos com boa queda sobre os olhos; bons bigodes e barba. Olhos: amendoados. retangulares. Orelhas: pendentes e com franjas abundantes.
Altura média Macho - 25 a 28 cm • Fêmea - 25 a 28 cm
Peso médio Macho - 6 a 8 kg • Fêmea - 5 a 7 kg
Expectativa de Vida 12 a 14 anos
Cor da Pelagem Dourada, areia, mel, cinza escuro, ardósia, fumaça, particolor preta, branca ou marrom..
Tipo da Pelagem Fina, longa e abundante.
Temperamento Independente, teimoso e corajoso.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários