Fox Paulistinha é uma raça extremamente popular no Brasil, que também pode ser chamada de Terrier Brasileiro. Trata-se de uma raça de porte médio, que é extremamente adaptável e resistente. Também pode ser considerada como uma das raças de cães mais versáteis, podendo ser encontradas em apartamentos pequenos, como companhia, até em grandes propriedades, onde também acaba assumindo a responsabilidade pela segurança do local.

Confira mais informações sobre o Fox Paulistinha!

Fox Paulistinha

Origem

Apesar de ter diversas teorias e possibilidades para suas origens, uma coisa é dada como certa: o Fox Paulistinha tal qual como o conhecemos conta com um DNA genuinamente brasileiro. Mas, apesar do que o seu nome acaba dando a entender, não existe uma teoria que comprove que essa seja uma raça que surgiu na região do estado de São Paulo. Mas ele acabou se tornando mais comum em cidades do interior desta região, e por isso acabou recebendo o sobrenome paulistinha.

Mesmo sendo uma raça que acabou sendo criada e popularizada no Brasil, obviamente suas origens são europeias, assim como boa parte dos cães que podem ser encontrados em nosso país. Pesquisas indicam que os primeiros começaram a aportar por aqui entre o final do século 19 e início do século 20, sendo uma raça considerada relativamente jovem por aqui, especialmente quando comparada com outros cães de caça que já tinham vindo para cá antes.

Filhote de Fox Paulistinha

Uma outra característica do Fox é que ele, diferentemente da grande maioria das outras raças de cachorros, já chegou por aqui sendo um cão basicamente de companhia. Muitos cães da raça Terrier chegavam ao Brasil juntamente com as esposas dos jovens que saiam daqui para estudar na Europa. No seu retorno, eles traziam estes pequenos cães, que acabaram se adaptando muito bem ao “Novo Mundo”.

Dentre os principais descendentes que já foram identificados no DNA do Fox Paulistinha estão o Jack Russel Terrier (o cão propaganda de uma famosa cerveja) e o Fox Terrier de pelo liso. Consequentemente os cães que vinham da Europa acabavam se misturando com os outros que já estavam por aqui, e estes cruzamentos acabaram dando origem ao que conhecemos como Fox Paulistinha.

Fox Paulistinha

De qualquer forma, mesmo com toda essa influência europeia, os padrões que foram definidos para indicar a pureza dos cães da raça Fox Paulistinha são brasileiros, por isso não é errado dizer que se trata de uma raça genuinamente brasileira.

Uma curiosidade sobre o seu nome: além do fato de ser uma raça que era encontrada facilmente em diversas cidades do interior paulista, o nome também está diretamente relacionado as cores dos pelos mais comuns entre a raça: branco, preto e vermelho. As mesmas cores que podem ser encontradas na bandeira de São Paulo.

Características Físicas

O primeiro registro oficial da raça, que acabou definindo os padrões que se seguiram em relação a sua estrutura física, data do ano de 1920. Mas a primeira tentativa oficial de reconhecimento do Fox Paulistinha aconteceu no ano de 1964, mas acabou sendo cancelado em função da baixa quantidade de registros. O reconhecimento provisório chegou apenas no ano de 1995, com o definitivo em 2006.

Fox Paulistinha

Todos os representantes da raça Fox Paulistinha são cães de médio porte, com corpo esbelto, uma estrutura que é bastante firme e atlética, mas sem se tornar pesada. Os machos dessa raça geralmente aparecem com tamanho entre 35 e 40 centímetros de altura. Já as fêmeas geralmente são um pouco mais baixas do que os machos, ficando entre 33 e 38 centímetros. Em relação ao seu peso, como se trata de uma raça esbelta, geralmente fica nos 10 kg.

Uma outra parte do corpo dessa raça que acaba tendo características marcantes é a cabeça. De uma forma geral ela parece ser levemente menor do que deveria ser quando comparada com o resto do corpo. Além disso, ela sempre conta com uma forma de máscara das cores preta, cinza ou marro com pelagem canela ao redor da boca, sobrancelhas e na região interna e borda das orelhas.

Fox Paulistinha

Por falar nas orelhas, essa parte do Fox Paulistinha geralmente é pendente e com um formato triangular que acaba sobressaindo. Os olhos são castanho-escuros.

Pelagem

Os padrões dessa raça afirmam que, em relação ao padrão de cores que pode ser encontrado na sua pelagem, ele sempre é tricolor. O fundo do corpo, que é a cor que aparece de forma predominante, é branca. Já as marcações, que são as famosas manchas que são espalhadas pelo corpo, aparecem das cores marrons (fígado) ou azuis (cinza) salpicadas. A cor canela (Tan) pode ser encontrada entre a cor branca e a outra cor e/ou salpicada em pequenas pintas nos membros dianteiros.

Fox Paulistinha

Temperamento

Difícil não se apaixonar por um Fox Paulistinha. Afinal de contas, essa é uma raça que está acostuma a ser vista como um cão de companhia, portanto fica muito feliz de apenas estar ao lado dos seus donos. Mas isso não significa que ele vai ser um cachorro que vai ficar o tempo todo parado em um canto dormindo, apenas reagindo quando alguma coisa o provoca.

De uma forma geral ele é alegre e conta com uma boa dose de energia. Por isso, mesmo que seja um cachorro que se adapta facilmente em espaços pequenos, é mais recomendado que ele tenha um pátio para que possa caminhar e correr ao longo do dia, voltando sempre para perto das pessoas assim que possível.

Fox Paulistinha

Mesmo sendo dócil na grande maioria dos casos, como ele conta com DNA dos terriers, muitas vezes eles podem simplesmente esquecer que não possuem um grande porte físico e se comportar como um cachorro grande, especialmente quando fica solto no pátio. Portanto, esta é uma raça que também pode ser utilizada apenas para “impor respeito” na entrada das residências.

Uma outra dificuldade que os donos do Fox Paulistinha podem ter quando eles moram em apartamentos ou até mesmo em condomínios onde existam regras mais rígidas em relação aos animais é o fato de que ele costuma latir bastante. Ao qualquer barulho diferente que ele escuta, costuma sinalizar.

Saúde

O Fox Paulistinha também se tornou uma das raças prediletas dos brasileiros em função da sua saúde bastante resistente. Diferente de grande parte dos cães “de raça”, os representantes dessa raça não exigem grandes cuidados diferentes do básico que precisa ser feito para que um cachorro tenha uma vida saudável.

O pelo curto deste cachorro é muito simples de ser cuidado, sendo que é recomendado apenas que ele passe por uma escovação leve de tempos em tempos para facilitar a regeneração das células. Os banhos nesta raça podem ser dados de 15 em 15 dias nos meses mais quentes, dando um espaçamento um pouco maior no inverno, especialmente se o cão ficar no pátio.

Ficha Técnica do Fox Paulistinha

Ficha Técnica do Fox Paulistinha
Nome Original Fox Paulistinha
País de Origem Brasil
Porte Pequeno
Utilização Companhia e Guarda
Altura média Macho - 35 a 40 cm • Fêmea - 33 a 38 cm
Peso médio Macho - 10 kg • Fêmea - 8 kg
Expectativa de Vida 13 a 16 anos
Cor da Pelagem predominante branco, com manchas pretas, marrons ou azuis
Tipo da Pelagem curto
Temperamento valente, alegre, inteligente, atento e alerta