Um cachorro que seria o representante oficial do Brasil em uma importante competição mundial acabou morrendo atropelado no último final de semana. O mais triste da história foi o local onde o animal morreu: uma praia. As informações foram divulgadas nas redes sociais pelo tutor do cão, o treinador Vladinir Maciel.

Cachorro que representaria Brasil em competição morre atropelado na praia

De acordo com as informações que foram divulgadas sobreo caso, o tutor disse que estava levando o border collie Jacó para nadar em uma praia quando uma picape cinza em alta velocidade mudou o trajeto e acertou o cachorro. O tutor do cão afirmou que o motorista fez isso intencionalmente.

O atropelamento aconteceu nas areias da praia de Porto das Dunas, em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, e o motorista fugiu. O cachorro era um frequentador assíduo do local, indo pelo menos três vezes por semana na praia.

Cachorro que representaria Brasil em competição morre atropelado na praia

“Jacó estava no auge de sua carreira e iria representar o Brasil na maior competição de cães do mundo, na Europa, semana que vem! Além de ser atleta, ele era um membro da nossa familia, muito amado por todos (familia, amigos e fãs)! Hoje [sábado, 23] estávamos na praia, como de costume, quando um carro 4×4 propositalmente o atrapelou e fugiu sem prestar socorro”, escreveu o tutor em rede social.

O tutor afirma que agora vai levantar uma bandeira para que os veículos sejam banidos das areias das praias. Vladinir afirma que, mesmo que as pessoas não concordem com a presença dos animais, isso não dá o direito de atropelar o animal. “Hoje foi meu cachorro. Amanhã pode ser você, pode ser seu filho, pode ser sua esposa”, diz o tutor.