É bastante difícil resistir a aquela carinha fofa de um pug. E os ingleses já perceberam isso e vem até mesmo criando cafeterias temporárias que são totalmente dedicadas para a raça de cães.

Pugs se tornaram prediletos entre britânicos

Nesses lugares, tanto os cães, como os tutores e os admiradores poderão passar por horas agradáveis ao lado dos seus pets, enquanto que fazem um lanche e brincam com os cãezinhos.

Para se ter ideia, durante esta semana, o período de funcionamento do Pugs & Pals Cafe, no bairro Brick Lane, que causou até mesmo fila no local. Para entrar no estabelecimento que é uma cafeteria, era necessário reservar e pagar cinco libras, e este valor dobrava para quem fosse no estabelecimento sem um cãozinho.

Quem se dirigiu até o estabelecimento apontou que é fantástico ir até um café com o cão, e dentro do café, enquanto alguns aproveitavam para comer bolos e cupcakes em formato de cachorro, outros acabam mimando os animais de estimação.

Como surgiu a ideia da Cafeteria?

A ideia desta cafeteria acabou nascendo quando a Ainda Martínez acabou percebendo que muitas pessoas pediam para fazer um carinho em sua cadela, chamada Mia, de oito meses durante os passeios diários.

Pugs se tornaram prediletos entre britânicos

De acordo com especialistas, o Reino Unido é um país que definitivamente ama os cães, e os pugs possuem temperamentos incríveis. São simpáticos, carinhosos e ainda se dão muito bem com outros cães e com crianças.

O número de cães da raça pug praticamente quadruplicou no Reino Unido nos últimos dez anos, chegando a mais de 10.408 no ano de 2016. Esta é a quarta faça favorita dos britânicos, ficando atrás apenas dos labradores, do Cocker e do buldogue francês, é o que apontam as agências.

Apesar disto, os veterinários alertam para que se tenha alguns cuidados especiais com esta raça, como o focinho achatado e os olhos grandes que geram problemas respiratórios e oculares.