Fofuxo.com

Prefeitura de Curitiba promove grande campanha de cadastro e castração

Cães estão ganhando microchips gratuitamente em projeto do poder público municipal.

Um programa que está sendo promovido pela Prefeitura Municipal de Curitiba está cadastrando e castrando cães gratuitamente, de acordo com as informações divulgadas pela Rede de Proteção Animal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Durante os primeiros seis meses do ano a prefeitura castrou aproximadamente 2,5 mil cães, além de implantar 3,4 mil chips de identificação.

Prefeitura de Curitiba promove grande campanha de cadastro e castração

O processo de cadastramento dos cães foi feito com a implantação dos chips de identificação. Com as informações que constam neste pequeno implante metálico que é colocado no cachorro em um pequeno procedimento, os cães podem ser mais facilmente encontrados quando são perdidos ou roubados.

Além disso, através deste chip a prefeitura começou a identificar os cães que precisavam passar pela castração, com o objetivo de evitar que a população de animais de ruas, que também acabam gerando gastos para a prefeitura. Os cães que participam deste programa também conseguiram receber as vacinações e também ganharam exames clínicos para identificar possíveis doenças.

Tirando das ruas

Prefeitura de Curitiba promove grande campanha de cadastro e castração e cães

O projeto foi criado não apenas para oferecer serviços para os donos dos cães que precisam castrar e cadastrar os seus animais, mas também foram foi criado com o objetivo de tratar alguns cães de rua que eram encontrados em determinados pontos da cidade, especialmente nos pontos de ônibus.

Atualmente o programa criado monitora de perto cerca de 30 animais que vivem prementemente nestes pontos de ônibus. Os animais acabam recebendo alimento das pessoas que passam por ali, mas nunca foram adotados por ninguém. Eles também receberam um chip implantado, e receberam vacinas e fizeram exames de sangue.

O objetivo da prefeitura é conseguir monitorar todos os cães que atualmente vivem nos terminais de ônibus da cidade, e o projeto terá continuidade no próximo ano.

Postado em .


Pela Web

Comentários