Por Rodrigo Bueno

publicado em Notícias

O cachorro que ficou conhecido como “Bob Coveiro” por morar dentro de um cemitério há mais de uma década faleceu nesta semana, causando comoção entre as pessoas que conviviam com o pet. O animal praticamente se mudou para o Cemitério da Saudade, em Taboão da Serra (SP), depois que sua dona faleceu e foi enterrada no local.

Morre cão que vivia em cemitério desde enterro da dona

De acordo com as informações que foram divulgadas pela ONG Patre, que ajudava a cuidar do cachorro no local, ele morreu depois de ter sido atropelado por um motociclista enquanto ele seguia um funcionário que estava indo para casa. O motociclista teria fugido do local sem prestar qualquer tipo ajuda ao pet.

O cão se tornou famoso na região depois que jornais e sites locais acabaram noticiando sua história. O cão acompanhou o enterro da sua dona, e no momento em que os parentes tentaram levar ele para casa acabaram não conseguindo, já que ele realmente não queria sair de perto da sua ex-tutora.

Morre cão que vivia em cemitério desde enterro da dona

O cão simplesmente passou a morar no loca, e recebia os cuidados de funcionários, de clinicas veterinárias e também para da ONG Patre, que fez uma homenagem ao cão, inclusive velando o pet.

Confira o texto postado pela instituição:

“É o fim de uma história linda de amor aqui na Terra, Bob tinha uma dona que faleceu e desde desse dia, há quase 10 anos, ele nunca mais saiu de perto dela e passou a morar no Cemitério da Saudade.

Bob ganhou fãs, matérias em grandes meios de comunicação, mas mais que isso... Bob ganhou o coração de todos que o conheceram, pessoas que estavam tristes ao enterrar seus entes queridos ensaiavam um sorriso quando o cachorrinho que era louvo por bolinha tentava brincar.

Agora nós meros mortais não conseguiremos acompanhar a história lá no céu, o reencontro de Bob com sua tutora amada, mas aprendemos com ele que estender a mão (ou dar a bolinha) ao próximo quando ele precisa é um ato de amor.

Queremos parabenizar a funerária Campos que cuidou do corpinho com tanto carinho, agradecemos o vereador Anderson Nóbrega e o Secretário Dr. Eduardo Nóbrega por intermediarem o enterro no local que ele viveu, e ao prefeito Aprígio que autorizou essa despedida de amor.

Queremos agradecer a protetora Valéria Ribeiro que cuidava das redes e levou o Bob e nossa Cãominhada, e a Max Vet que sempre doou banho e atendimentos veterinários.”