Uma história comovente acabou surgindo daquele local que acabou se tornando o epicentro do início da pendemia do da Covid-19, a cidade de Wuhan, na China. Um jovem tem passado seus dias salvando animais que acabaram ficando presos sozinhos dentro de casas e apartamentos de pessoas que ficaram em isolamento em virtude da doença.

Jovem passa quarentena salvando animais presos na China

O local acabou registrando uma grande quantidade de abandonos de animais, já que muitas pessoas simplesmente não conseguiam retornar para as suas casas, ou por ter que ficar internado ou por ter deixado a cidade. Mas um jovem, chamado Ye Jialin, passou o período de quarentena tentando ajudar a maior quantidade de animais possível.

“As pessoas foram forçadas a evacuar Wuhan quando o coronavírus atingiu seu pico lá. E quem não estava na cidade não pôde voltar. Muitas pessoas deixaram apenas água e comida suficiente para alguns dias para seus animais pensando que voltariam rapidamente. Mas eles não foram capazes de voltar tão rápido. Muitos animais morreram”, disse o jovem chinês ao portal One Green Planet.

Jovem passa quarentena salvando animais presos na China

De acordo com a história que foi contada para a imprensa internacional, o jovem se oferecia para entrar nas casas e nos apartamentos de pessoas cujos animais estavam sozinhos. O objetivo era alimentá-los, dar água fresca e passar um tempo com os pets. Muitas pessoas entraram em contato com o rapaz, inclusive autorizando a invadir os imóveis.