Um gatinho de apenas seis anos de idade acabou se tornando um dos mais recentes sucessos nas redes socais. O felino acabou ganhando o apelido de “gato biônico”, em função de um acidente que acabou fazendo com que ele perdesse as duas patas traseiras, que acabaram sendo substituídas por próteses.

Gato com prótese nas pernas se torna sucesso nas redes sociais

O gato acabou se tornando um exemplo, uma vez que o felino se tornou o primeiro gato que conseguiu passar por uma operação de colocação de duas próteses nas patas com sucesso. O procedimento aconteceu na Itália.

O nome do felino é Vito, ou Vituzzo, e ele acabou sofrendo um acidente, tendo sido atropelado por um carro em Milão, durante luma viagem de lua de mel de suas donas, a ex-jogadora de basquete Silvia Gottardi e sua esposa, a designer gráfica Linda Ronzoni.

De acordo com as informações que foram divulgadas pelos responsáveis pelo procedimento, os veterinários conectaram as próteses diretamente no que restou dos ossos das patas do animal, sendo diferente de uma solução “móvel”, que é mais comum nestes casos.

Gato com prótese nas pernas se torna sucesso nas redes sociais

O gato vem de uma cidadezinha no noroeste a Sicília, chamada San Vito Lo Capo, conta sua página no Facebook. Ele pertencia à mãe de Silvia, mas precisou encontrar um novo lar depois que ela morreu e o pai de Silvia começou a namorar uma pessoa alérgica a gatos.

Em julho de 2018, Silvia e Linda se casaram. Em razão de seus compromissos de trabalho, elas precisaram adiar a lua de mel, mas conseguiram finalmente viajar em dezembro. Durante a viagem, um amigo recebeu Vito em sua casa - e foi neste período que ele sofreu o acidente.

O gato ficou desaparecido por mais de um dia e foi encontrado com ferimentos tão sérios que uma das patas foi imediatamente amputada - os cirurgiões ainda tentaram salvar a outra, sem sucesso.