Uma história surpreendente de reencontro acabou tomando conta das redes sociais nos últimos dias. Uma família reencontrou o seu cachorro depois que ele fugiu de casa. Mas o grande inusitado da história é o tempo que o animal ficou desaparecido: 10 anos. O fato aconteceu na cidade de Curitiba.

O cachorro se chama Snoopy, mas depois acabou ficando conhecido como fumaça em sua época de rua. O reencontro se deu depois que a família encontrou uma postagem em uma rede social feita pela consultora comercial Karina Bremm. Segundo ela, o cão estava deitado dentro de uma poça de água no meio da rua.

Família reencontra cão que fugiu de casa há 10 atrás

Eu estava passando de carro quando vi o cachorro. Quase atropelei ele, buzinei fiz de tudo e nada. Parei o carro e tentei chamar para tirá-lo da rua, mas percebi que ele era surdo", contou ela. Ela conseguiu colocar o cachorro dentro do seu carro, atraindo o animal com um pouco de ração que tinha dentro do veículo.

"Chegando em casa não sabia o que fazer e, como tenho gato, ficou complicado. Decidi, então, publicar nas redes sociais que havia encontrado o cão. Ainda na internet, encontrei uma pessoa que me indicou um hotel para abrigá-lo", explicou Karina. Ela seguiu publicando imagens do cachorro nas redes sociais.

Cerca de um mês e meio depois do resgate, um homem entrou em contato com Karina através do Facebook e falou que achava que aquele cachorro era o mesmo que tinha fugido da sua casa há 10 anos atrás.

Família reencontra cão que fugiu de casa há 10 atrás

"Ele perguntou: 'É macho?'. Falei que era. Aí ele me perguntou como que eu tinha resgatado, e ele, emocionado, me disse: 'Nossa, minha família morou nesse bairro há muito tempo. Pelas características que você falou, é ele. É o Snoopy'. E eu senti verdade na fala dele", relatou Karina.

O cachorro demonstrava um comportamento agressivo, mesmo quando iam dar comida pra ele. Mas quando ele se deparou com o seu antigo dono, rapidamente entrou no carro. "Quando o dono pegou na corrente, ele já foi andando do lado. Reconheceu mesmo, e aí vimos que era real a história. Eles abriram a porta do carro, e ele já entrou, como quem diz: 'Achei finalmente a minha família'. Foi tão lindo", disse.

Fonte: G1