Por Rodrigo Bueno

publicado em Notícias

A vida de uma família mudou completamento uma noite quando Emily acordou o marido Jack Jokinen para afirmar que tinha um cachorro estranho dentro da sua residência. O homem até se assustou, já que ambos tinham recém tido um bebê. “Ela me acordou e disse: ‘O bebê está bem, mas há um cachorrinho em nossa casa'”, disse Jack ao jornal Today.

Família encontra cachorro desconhecido dentro da sua sala de estar

O homem teve que ver com seus próprios olhos para entender de fato o que estava acontecendo. De acordo com as imagens de segurança, o cão entrou na casa na Filadélfia, Estados Unidos, por volta das 3h15 da manhã. Momentos depois, Emily desceu para encontrar uma chupeta para sua filha de um mês e encontrou ao pet sentado no chão da sala de estar.

“Desci as escadas, e no primeiro andar, no meio da nossa casa, estava sentado o que parecia ser um cachorrinho frio e molhado”, disse Jack. “A porta da frente estava trancada, a porta de trás estava trancada, as janelas fechadas, tudo. Havia uma espécie de cachorro misterioso, em nossa casa, e nós não tínhamos ideia de como ele chegou aqui”, relatou.

O cachorro, que mais tarde se descobriu que se tratava de uma cadela, entrou dentro da residência através da porta que estava ligeiramente aberta. O cão estava mancando, e o casal não sabia os motivos que tinham feito o cão entrar, mas muito provavelmente tinha sido a luz do interior da casa, bem, como o cheiro de comida. E quando a porta foi fechada, o cachorro acabou ficando dentro da sala.

O casal ficou perdido, sem saber o que fazer.  Começaram até mesmo a fazer pesquisas na internet, em busca de alguma orientações sobre o que deveria ser feito quando se encontra um cachorro dentro da sua casa. Eles ligaram para o Controle Animal, que em um primeiro momento orientou eles a procuraram um chip de identificação e depois entregá-la para o órgão.

Família encontra cachorro desconhecido dentro da sua sala de estar

“Não gostamos da maneira como isso soou”, contou Jack. “Começamos a perceber que não sabíamos se este era um filhote, mas este cachorro estava ferido, e se você simplesmente o colocou no sistema, este não é um cachorro que ninguém está procurando para o Natal. Pensamos que, no mínimo, chamaríamos um veterinário”.

A cadela foi levada ao veterinário, que não encontrou nenhum chip, mas identificou uma série de problemas de saúde, como infestação de pulgas e carrapatos, além de problemas odontológicos e patas machucadas.

O casal postou na internet, buscando ajuda sobre o que fazer ou então tentar encontrar os donos. Muitos usuários do Twitter começaram a sugerir que eles ficassem com a cadela, inclusive prometendo ajudar financeiramente. Jack abriu uma vaquinha online e consegui arrecadar mais de 15 mil dólares, que foram utilizados para o tratamento da pet. O que sobrou foi doado para instituições de caridade que cuidam de animais.

Agora, o casal ganhou uma nova companheira!