Por Rodrigo Bueno

publicado em Notícias

Imagine comprar um filhote de cachorro para a sua família, quando, de uma hora para a outra, começam a aparecer mortos uma série de outros animais dos vizinhos, como galinhas, patos e também alguns porquinhos-da-índia. Tudo pareceu muito estranho quando foi constatado que a causa das mortes era o novo animal, que não se tratava de um cachorro, e sim de uma raposa.

Família compra raposa pensando que era filhote de cachorro

O caso foi registrado na cidade de Lima, no Peru. De acordo com as informações que foram divulgadas pela imprensa local, Maribel Sotelo e sua família compraram o animal na região central da cidade de Lima, e não tinham a menor ideia de que, na verdade, estavam levando para casa uma raposa, ao invés de um cachorro.

Nos primeiros dias, nenhum dos integrantes da família repararam no que estava acontecendo, até porque a raposa brincava normalmente com os outros animais que moravam na mesma residência. Mas, com o passar das semanas, a família começou a perceber que alguma coisa estava errada, já que a raposa começou a crescer de uma forma muito maior do que o que poderia se esperar de um cachorro.

Família compra raposa pensando que era filhote de cachorro

A raposa, que, quando pensavam que era um cachorro, foi batizada de “Run Run”, passou a perseguir galinhas e patos do bairro, que ele matava e acaba comendo, seguindo os seus instintos naturais.

“Pensamos que ele era um cachorro de raça pura”, afirmou Sotelo. O filho pagou cerca de R$ 70 pelo animal há cerca de seis meses. “Uma mulher nos disse que ele comeu três porquinhos da Índia”, disse Sotelo. Ela teve que indenizar as famílias que eram donas dos animais que a raposa comeu.

A raposa acabou fugindo de casa e atualmente está sendo procurado por agentes do serviço de vida selvagem do Peru. Quando for encontrado, ele deverá ser levado a um zoológico. Autoridades locais confirmaram que muitos bandidos capturam animais silvestres e vendem de forma clandestina.