Depois de uma série de incidentes recentes com os animais de estimação, a companhia United Airlines divulgou a suspensão dos seus serviços de transportes de pets.

Empresa suspende transporte de cães em avião depois de fatalidade

Tudo por conta de que na última semana, um buldogue francês de dez meses de idade acabou falecendo após um membro da tripulação o colocar em um bagageiro superlotado e ele veio a falecer. Foi reportado no ano passado pela empresa pelo menos 18 mortes de animais nos seus voos, o número bem mais alto do que a média conforme o Departamento de Transporte dos Estados Unidos.

Algum tempo depois foi reportado um terceiro incidente da mesma empresa, onde um cão acabou sendo colocado no voo incorreto. Todos foram devolvidos diretamente para a sua família.

A empresa se pronunciou sobre as situações

Empresa suspende transporte de cães em avião depois de fatalidade

De acordo com a empresa, foi possível realizar uma revisão bastante dura e sistemática em todo o programa para recepção de pets que viajam junto ao compartimento de cargas para realizar melhorias que devem garantir uma melhor experiência possível tanto para os clientes como para seus animais de estimação.

Os donos também devem observar qualquer irregularidade

Saiba que em uma viagem aérea é obrigatório a utilização de caixa de transporte específica para os animais de estimação, respeitando assim o tamanho do pet. Mesmo com este tipo de cuidado, o animal poderá ficar estressado e agitado durante esta viagem. Uma boa dica está em manter alguns brinquedos para ele se distrair e até mesmo oferecer comida como uma recompensa por seu bom comportamento. Sua baixa precisa ser grande o suficiente para ele ficar em pé ou deitado e possa se movimentar, mas não tão grande que não o faça se sentir protegido e acolhido por sua casa temporária.