O caso de agressão contra um cachorro que acabou mobilizando milhares de pessoas pelas redes sociais e que aconteceu dentro de uma das unidades dos supermercados Carrefour teve mais um episódio nesta semana. De acordo com as informações que foram divulgadas pelo Ministério Público de São Paulo, a empresa terá que pagar R$ 1 milhão de multa.

Carrefour e Prefeitura de Osasco entram em acordo em caso de maus-tratos

O MP-SP foi o responsável por intermediar o acordo entre o Carrefour com a prefeitura da cidade de Osasco. No caso, um segurança da empresa agrediu, com pauladas, um cachorro que costumava frequentar o pátio do local. O cachorro acabou morrendo.

Seguindo os termos do acordo que foi aceito por ambas as partes, a empresa terá que pagar o valor de R$ 1 milhão, sendo que o dinheiro deverá ser depositado em um fundo que ainda deve ser criado pelo município. Do total, metade do dinheiro será destinados para o tratamento de cães e gatos, R$ 350 mil para a compra de medicamentos para animais do Hospital Municipal Veterinário e R$ 150 mil para a entrega de rações para associações e ONGs.

Carrefour e Prefeitura de Osasco entram em acordo em caso de maus-tratos

Caso a empresa não cumpra o que está descrito no acordo, o Carrefour deverá pagar uma multa de R$ 1 mil por dia de atraso. Já o município será alvo de investigação por ato de improbidade administrativa na hipótese de não atender ao determinado pelo termo.