Um cão que tentou defender os seus donos em Cuiabá recebeu alta depois de ser picado por cobras duas vezes em menos de um mês. De acordo com as informações que foram fornecidas pela família do cão, Billy teve que ficar três dias dentro de uma clinica para tratamento depois que foi picado pela segunda vez em menos de um mês.

Cachorro que foi picado por cobra duas vezes em menos de um mês recebe alta

O cachorro teve que tomar uma dose mais forte do soro para tentar conter o efeito do veneno da cobra dentro do seu corpo. O veterinário que tratou o animal afirmou que, muito provavelmente, o cachorro vai conseguir sobreviver sem grandes sequelas.

Kátia Krüger, dona do cachorro, afirmou também que, durante o tratamento, Billy expeliu sangue junto com a urina, o que, de acordo com os veterinários, seria um movimento natural durante o procedimento de tratamento do animal em casos de picada de cobras com veneno.

A dona postou o seguinte texto, em uma rede social, sobre o acontecimento:

cachorro que foi picado por cobra duas vezes em menos de um mês recebe alta

“Pela segunda vez em menos de um mês meu herói entra em ação! Mesmo já sabendo da dor causada por uma picada de cobra ele enfrentou mais uma vez uma Jararaca venenosa. Não podia deixar de fazer o mesmo por ele... Meu amigo... meu Anjo da guarda... tô aqui rezando por ti!!! Volta logo pra casa... sua família te espera ViVo e valente!!!”

O cachorro da família acabou sendo picado duas vezes por cobras semelhantes, me menos de um mês. O primeiro caso foi registrado no começo de abril. No segundo caso, a situação foi mais complicada, pois assim que picou o cão, a cobra permaneceu na varada da casa. A família ficou impedida de levar Billy ao veterinário.

Somente depois de um tempo a família conseguiu sair de casa e levar o cão até o veterinário, onde conseguiu ser salvo.