Um cachorro acabou se tornando o grande responsável por impedir uma fuga em massa do presídio do Pará. As informações foram confirmadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), que confirmou a descoberta de um túnel no Centro de Recuperação Regional de Cametá (CRRCAM), no nordeste do Pará.

Cachorro encontra túnel que seria utilizado para fuga de detentos

De acordo com as informações que foram divulgadas, o túnel já estava pronto e os detentos estavam preparados para fugir. Foi justamente neste momento que um cachorro que fica ao lado do presídio acabou chamando a atenção dos policiais da unidade, que conseguiram interromper a fuga dos detentos.

O mais interessante da história é que os policias que controlam a unidade prisional possuem cachorros treinados, mas o cão que encontrou o túnel não pertence a instituição. Trata-se de um cão que pertence a uma moradora que mora do lado do presídio, e que acaba eventualmente sendo alimentado pelos agentes penitenciários.

Cachorro encontra túnel que seria utilizado para fuga de detentos

O túnel estava localizado na cela 2 do bloco C, que é justamente onde ficam os presos considerados mais perigosos. O túnel tinha aproximadamente seis metros de comprimento por um metro de largura.

O cachorro, que se chama Beethoven, já está sendo considerado como um grande herói na comunidade. Os vizinhos informaram que o cachorro começou a latir assim que sentiu que os presos tentavam perfurar o concreto que já estava do lado de fora do prédio.