As forças policiais costumam ter na sua corporação, em diversos locais ao redor do mundo, cachorros. Afinal de contas, estes animais acabam tendo uma série de funções diferentes no combate ao crime. Existem desde aqueles que são treinados para encontrar determinados elementos, como drogas, até aqueles que são utilizados pela polícia mais ostensiva.

Cachorro foi dispensado da polícia por ser dócil demais

Mas parece que nem todos os cães são feitos para prestar serviços nas forças policiais. Existem cachorros que acabam sendo tão dóceis que não podem ser aproveitados nas atividades. É o caso de um pastor alemão que ficou bastante famoso por ter sido expulso da polícia australiana.

A história foi parar nas redes sociais e fez bastante sucesso. O pastor alemão estava participando de um treinamento de cachorros que costuma ser realizado com regularidade pelo Serviço Policial de Queensland, no país Australiano. Este projeto costuma durar cerca de 16 meses e posteriormente os cães passam a prestar serviço.

Mas logo no começo do treinamento, os responsáveis pelo comando da turma de cachorros perceberam rapidamente que o cachorro chamado Gavel era tão dócil que não poderia seguir sendo preparado para atuar na polícia. Como ele não apresentava os requisitos básicos para seguir, acabou sendo expulso da corporação.

Cachorro foi dispensado da polícia por ser dócil demais

Mas felizmente o cachorro não ficou sem um lar, e não foi parar em qualquer família. Gavel foi adotado pelo governador de Queensland, Paul de Jersey. Com isso, o cachorro também foi condecorado com o título de Vice Cachorro Real de Queensland. O governador está bastante orgulhoso do seu novo adotado, e passou a postar diversas fotos do cachorro nas redes sociais.

O governador afirmou, em uma das entrevistas concedidas sobre o cachorro, que apesar dele não ter aptidões físicas para trabalhar na polícia, o cão se mostrou extremamente dócil na convivência do dia a dia. O cachorro também costuma brincar bastante com todos os convidados que vão até a casa do governador.