Por Rodrigo Bueno

publicado em Notícias

Histórias como essas não deixam de ser muito tristes, já que a gente nunca está preparado para lidar com a morte de um ente querido, sendo justamente este o papel que um pet ocupa dentro da grande maioria das famílias. Mas também não deixa de ser bonito entendermos que, muitas vezes, é sobre apenas aceitar a morte como algo natural na vida e fazer com que ela tenha algum sentido.

Cachorro com câncer terminal brinca na neve pela última vez

Um cachorro que foi diagnosticado com câncer terminal e que ama inverno ganhou a chance de passar seus últimos dias da forma como realmente amava, na neve. De acordo com as informações que foram compartilhadas na história que passou a circular nas redes sociais, os tutores de Maggie pediram nas redes sociais uma máquina de gelo, para dar este último gostinho para o seu pet.

“Pedido único. Alguém tem uma máquina de gelo fora de temporada? Nosso amado cachorro será sacrificado na segunda-feira, queremos construir seu último montante de neve para rolar”, escreveu Elijah Lee Saltzgaber em sua página. Um parque de recreação local realizou o desejo dos donos do pet.

Cachorro com câncer terminal brinca na neve pela última vez

Eles emprestaram a máquina de gelo e os galões para que a neve fosse produzida. Assim, os donos de Maggie espalharam um monte de neve no pátio, para que a cadela curtisse um inverno fora de época.

“Hoje, nossa equipe raspou um pouco de gelo extra, carregou-o em silos e baldes, e o dono levou a neve para casa, para o quintal de Maggie, onde ela desfrutou com sua família. Enviando nosso amor e condolências à família de Maggie. Apreciamos o privilégio único de lhe proporcionar um pouco do céu na Terra”, escreveu o centro responsável pela doação.

Maggie infelizmente já tinha sido diagnosticada como câncer terminal, e o casal decidiu pelo sacrifício um dia depois do último final de semana no gelo do cachorro.