Existem diversas histórias de cães que passam a trabalhar em instituições das mais variadas para ajudar pessoas que estão passando por determinados problemas, como hospitais, casas de repouso e afins. Mas essa história que começou a circular nas redes sociais nos últimos dias é diferente e ainda mais emocionante.

Cachorro com apenas duas patas se torna cão de terapia

Deuce era um filhote de cachorro que acabou tendo uma série de problemas relacionados a violência. O auge acabou se tornando em um momento da sua vida quando ele foi abandonado dentro de uma vala com duas das suas patas quebradas. Mas a vida dele começou a mudar aos poucos.

O cachorro foi adotado por uma pessoa chamada Domenick Scudera, que era um professor de teatro e que morava na cidade de Collefeville, na Pensilvânia (EUA). O novo cão adotado passou a fazer companhia com outros dois cães que ele já tinha, Cyrus e Lucky, sendo que todos eles também eram portadores de necessidades especiais. Cyrus já nasceu em suas patas dianteiras, quanto que Lucky perdeu suas pernas em um acidente de carro.

Deuce acabou tendo que remover as patas quebradas, pois elas não conseguiram ter suas funções reestabelecidas. Deuce ficou com pernas apenas de um lado do corpo, ele pode andar e correr com qualquer outro cão de quatro patas, sem necessitar de nenhum tipo de suporte que o auxilie.

Hoje, Deuce e seus irmãos adotivos visitam enfermarias infantis como cães de terapia, dando inspiração para crianças e mostrando que problemas como esses podem ser superados. Ele passou a fazer parte do dia a dia de pessoas que perderam a capacidade de movimentação ou membros completos.

Com isso, muitas pessoas que recebem a visita do cachorro se sentiram muito bem, inclusive tendo mais motivos para conseguir encontrar motivações para fazer os tratamentos e encontrar motivações para seguir adiante na sua vida.