Ao longo das últimas décadas os pets acabaram conseguindo se consolidar como importantes integrantes da família. Mas, de acordo com uma enquete feita recentemente pela empresa DogHero, o número de pets dentro dos lares brasileiros já é maior do que o número de crianças.

Animais domésticos já superam número de crianças em lares brasileiros

A pesquisa acaba indo ao encontro de dados levantados no último censo do IBGE, de 2018. Os dados revelaram, na época, que o país já tinha mais animais do que crianças nos lares brasileiros, somando 139,3 milhões de bichinhos de estimação. Desses, 54,2 milhões são cães; 39,8 milhões são aves; 23,9 milhões são gatos; 19,1 milhões são peixes e 2,3 milhões são répteis ou pequenos mamíferos, como roedores.

A nova pesquisa, feita pela DogHero, coletou dados ao longo do ano passado e deste ano, com informações de dados demográficos e comportamentais de 1,5 mil brasileiros que possuem animais dentro de casa.

A maior parte dos pets que atualmente moram com famílias brasileiras foram adotados (46%). Além disso, 78% das pessoas afirmaram que consideram e tratam o seu pet como se fosse um filho, sendo que o número aumenta consideravelmente entre as pessoas que pertencem as gerações X e Y, que atualmente possuem entre 30 e 45 anos.

Animais domésticos já superam número de crianças em lares brasileiros

36% das pessoas afirmam que os pets costumam dormir no mesmo quarto onde humanos dormem, sendo que deste total 30% afirma que eles dormem na mesma cama. 59% dos donos de pets afirmaram que preferem passar o sábado a noite em casa, na companhia dos seus animais de estimação.

Outra informação importante que acabou aparecendo na enquete é em relação a forma como os donos de pets escolhem seus parceiros humanos. Gostar de pets também acabou aparecendo como principal pré-requisito para 86% dos entrevistados na hora de escolher outra pessoa para namorar ou manter um relacionamento mais estável.

Mesmo que outras pesquisas mostrem o aumento no interesse das pessoas por gatos, os cães apareceram na enquete da DogHero como favoritos de 8 em cada 10 entrevistados.