Muitos cães, quando chegam em uma determinada idade, acabam sendo abandonados. Afinal de contas, assim como qualquer ser vivo, na medida que a idade vai avançando eles vão apresentando uma série de dificuldades em relação a sua saúde, o que consequentemente acaba dificultando também a vida de quem cuida.

Americana mantém santuário para cães idosos nos EUA

Por outro lado, existem sempre aquelas pessoas que pensam justamente nestes momentos e em formas de oferecer um pouco mais de conforto para estes pets. Pensando nisso, uma idosa criou e se tornou a principal responsável por manter uma espécie de santuário para os cães idosos.

A fundadora do espaço se chama Doreen Jakubcak. De acordo com uma entrevista que ela concedeu a um canal de notícias local, a inciativa de abrir o local partiu da ideia de ajudar cães mais velhos.

"As chances de um cachorro mais velho ser adotado e deixar um abrigo não são tão grandes quanto para um filhote. Quando nos comprometemos com um cachorro que passa a viver no abrigo, eles têm uma casa para sempre. Essa casa para sempre pode ser aqui no santuário ou alguns casos em um novo lar adotivo", disse Jakubcak.

Americana mantém santuário para cães idosos nos EUA

O ambiente foi criado tendo espaço para abrigar basicamente 40 cachorros ao mesmo tempo, sendo que todos eles são idosos, ou seja, a partir dos seus 7 anos de vida. Além disso, outro requisito é que eles não podem ter um lar.

Neste espaço, os animais ganham companhia, carinho, assistência médica, odontológica e acesso a atividades variadas, que podem incluir até mesmo natação, de acordo com a capacidade de cada cachorro.

O local também conta com espaços de convivência individuais; sala multifuncional e vários menores onde os cães acabam tendo a oportunidade de passear, relaxar, socializar e cochilar; áreas de atividades ao ar livre, que são cercadas e ideais para os cachorros brincarem, fazerem exercícios e também pegar um sol; além de áreas de higiene e banho.