Os gatos domésticos podem ter uma série de doenças ao longo da sua vida, sendo que algumas delas são as mesmas que os cachorros também acabam tendo. Mas os felinos podem acabar propensos a desenvolver com mais facilidade determinados tipos de problemas. É o caso das doenças de pele, como a sarna e outras causadas por agentes externos.

Confira os riscos dos ácaros para a vida dos gatos

Dentre os agentes externos que mais causam problemas para a saúde dos felinos estão os ácaros. Eles acabam sendo responsáveis por alguns tipos de sarna: a Sarna Otodécica, causada pelo ácaro Otodectes cynotis e a Sarna Sarcóptica, causada pelo ácaro Sarcoptes Scabiei ou pelo Notoedres cati.

Na Sarna Sarcóptica ou Escabiose, os ácaros acabam perfurando a pele do animal, formando uma espécie de túnel, que causa coceira e alguns tipos de infecção de pele. Este tipo de problema acaba sendo altamente contagioso e pode acabar pegando até mesmo em humanos.

Confira os riscos dos ácaros para a vida dos gatos

Já a Sarna Otodécica é mais conhecida como sarna de ouvido, e acaba sendo causada pelo ácaro Otodectes cynotis. Ele fica na superfície da pele dos ouvidos e parte interna das orelhas, se alimentando de restos celulares. Causa coceira intensa, balanço de cabeça e arranhões nas orelhas pela coceira.

Em ambos os casos, os animais devem ser levados diretamente para um médico veterinário, para que ele possa passar por uma avaliação completa. O diagnóstico geralmente é feito através de um exame de pele chamado “raspado de pele”, onde é possível observar o microscópio a presença dos ácaros.

Como qualquer uma das sarnas são altamente contagiosas, é recomendado que o animal não tenha contato com outros animais. Também é importante que as pessoas tenham cuidado na hora de manusear os felinos, sendo recomendado sempre a utilização de luvas.