Um dos comportamentos mais comuns que os gatos domésticos acabam tendo é o de sair para rua e caçar os mais variados tipos de animais na rua. Geralmente os alvos mais comuns são insetos como baratas, além dos “eternos inimigos” ratos. E isso basicamente é o extinto de caçador que os pets domésticos ainda guardam dos seus antepassados.

É possível diminuir o instinto caçador dos gatos domésticos? Pesquisadores dizem

Mas pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, fizeram uma pesquisa com o objetivo de encontrar formas de reduzir este comportamento que pode ser prejudicial para os felinos domésticos. Afinal de contas, este tipo de comportamento é um dos grandes motivos que levam os gatos a sair de casa, o que sempre representa um risco, especialmente nas grandes cidades.

Mas os cientistas também estão preocupados com algumas outras consequências deste comportamento. Outras pesquisas indicam que os gatos domésticos já foram responsáveis pela extinção de 63 espécies no mundo inteiro.

É possível diminuir o instinto caçador dos gatos domésticos

A pesquisa levou em consideração uma série de pequenas mudanças de comportamento dos felinos. Em alguns casos, os donos mudaram acessórios, como coleiras. Em outros casos, foram alteradas as rotinas alimentares dos felinos. Os resultados mostraram quais seriam as mudanças que mais tiveram impacto no comportamento dos pets.

Quando os gatos passaram a utilizar coleiras chamativas, eles passaram a caçar 42% menos de pássaros na rua, já que o acessório faz com que as aves consigam enxergar o gato há uma certa distância. Já o aumento na quantidade de proteína animal, carne mesmo, na comida dos gatos, acabou fazendo com que os felinos caçassem menos 36% de animais na rua.

Mas alguns pesquisadores ainda se mostram muito céticos em relação aos resultados da pesquisa. Eles afirmam que os animais podem ter mantido a caça nas mesmas proporções, mas apenas pararam de levar os cadáveres para casa. De toda forma, cientistas seguem defendendo que o mais seguro é manter o gato em casa, o que também evita que o animal se machuque, ataque outras pessoas ou animais, e contrais doenças.