Fofuxo.com

Pesquisa diz que pessoas donas de cães parecem mais jovens

Relatório elaborado por pesquisadores escoceses conclui que quem tem cachorro pode parecer ter 10 anos menos.

Se você é uma pessoa que se preocupa muito com os efeitos que a idade acaba exercendo sobre a maior parte dos elementos de nosso corpo, e que investe frequentemente uma grande quantia de dinheiro em cremes e outros produtos que tentam dar um aspecto mais jovem para a sua pele, a solução pode ser mais simples do que você pensa.

Pesquisa diz que pessoas donas de cães parecem mais jovens

Que tal trocar todos os rituais de cremes e acessórios por um fofo filhote de cão? Pode parecer estranho, mas é o que defende um grupo de pesquisadores da Escócia que acabou de divulgar o relatório de uma pesquisa que conclui o seguinte: as pessoas que possuem um cachorro podem parecer até 10 anos mais jovens do que outras pessoas com a mesma idade e que não possuem um pet.

A pesquisa foi realizada dentro da St Andrews University e os responsáveis concluíram que a companhia de um cão de estimação não passa apenas esta aparência para outras pessoas, mas realmente consegue atrasar o relógio biológico das pessoas em 10 anos, sendo que a própria pessoa passa a agir como se fosse mais jovem do que realmente é.

Atividades de jovens

Pesquisa diz que pessoas donas de cães parecem mais jovens

O relatório diz que quando uma pessoa possui um cachorro dentro de casa ela acaba tendo um nível de atividade que geralmente equivale a de uma pessoa com 10 menos do que a pessoa realmente tem. Basicamente, o relatório fala que estas atividades estão diretamente relacionadas com o ato de movimentar e sair mais do que a pessoa faria normalmente.

O responsável pelos estudos, Dr. Zhiqiang Feng, afirma que as pessoas tendem a ter um aumento em 12% no nível de atividade física depois que adota ou compra um cão. Um outro dado extremamente relevante da pesquisa afirma que os benefícios podem ser sentidos em todas as idades, mas são maiores nos idosos.

"O estudo sugere que donos de cachorros com mais de 65 anos têm ainda maiores taxas de ajuda física", afirma o médico. Além da pessoa acabar se obrigando a sair mais de casa em virtude dos cuidados que deve tomar com a saúde do animal, a companhia de um cachorro também acaba tendo um impacto direto na vida social das pessoas, que passam a conversar mais com outras pessoas que também gostam de cães. 

Postado em .


Pela Web

Comentários