Uma dificuldade relatada com bastante frequência por donos de gatos, ou pessoas que pretendem ter felinos, é com relação ao que fazer quando as pessoas decidem ou precisam se ausentar e viajar por um determinado tempo. Levar os cães nas viagens é mais comum, mas os gatos ainda são raros.

Gato mochileiro viaja com seu dono pela América do Sul

Mesmo assim, acostumando o felino desde cedo com saídas e passeios, pode ser possível levar eles para qualquer lugar. E o exemplo é o de um gato viajante que recentemente foi flagrado conhecendo Foz do Iguaçu. Ele está fazendo um tour pela América do Sul, junto com o seu dono.

O gato pertence a Jhon Alexander Galvis Velásquez, um mochileiro que está conhecendo o continente passeando por diversos lugares. Já o gato se chama Bella Criatura e acabou se tornando o companheiro inseparável do humano, desde o dia que eles saíram da Colômbia, no ano de 2019.

Eles já passaram por países como Equador, Peru, Bolívia, Paraguai e agora estão conhecendo o Brasil. Eles ainda pretendem passar por Argentina, Chile e Uruguai antes de retornar para casa.

Gato mochileiro viaja com seu dono pela América do Sul

“Foi na Bolívia que começaram a nos apelidar. Quem são esses malucos? Um humano e um gato caminhando. Aí nasceu essa história do gato mochileiro”, contou Jhon.

O gato se acostumou a se acomodar na parte de cia da mochila do dono, acompanhando o seu humano por praticamente todos os lugares por onde eles andam. Logo, o felino acabou se tornando uma atração a parte.

O viajante afirma que o felino foi adotado quando tinha apenas 10 dias de vida, em dezembro de 2018, em Barranquilla, na Colômbia. O homem contou que o gato fazia parte de uma ninhada que uma cozinheira precisava doar. “Quando coloquei a mão por baixo da mesa, onde os filhotinhos estavam, todos correram, menos ele. Aquilo me surpreendeu. Percebi que ele não tinha medo", relembrou.