Aquele velho mito sobre uma possível distancia que os gatos acabam mantendo dos humanos, inclusive dos seus donos, está caindo por terra. Um estudo feito pela Universidade do Estado de Oregon, nos Estados Unidos, afirma que os felinos se apegam tanto aos seus humanos quanto os cachorros, que sempre foram vistos como mais amorosos.

Estudo afirma que gatos são tão apegados quanto cachorros

De acordo com o artigo que foi publicado como resultado da pesquisa, foram feitos com felinos testes muito parecidos com os que são feitos com os bebês e com os cachorros. O experimento era dividido em três partes: na primeira, o gato passou dois minutos em uma sala desconhecida junto com seu cuidador; na segunda, o felino ficou dois minutos sozinho nessa mesma sala e, na terceira, o dono retornou para mais dois minutos com o animal.

Durante as primeiras duas fases do teste os felinos acabaram tendo basicamente as mesmas reações, ficando junto aos donos durante os primeiros dois minutos e depois demonstraram estranheza ou curiosidades em relação ao local onde eles estavam sozinhos. Já na terceira fase da pesquisa os resultados acabaram sendo mais interessantes.

Estudo afirma que gatos são tão apegados quanto cachorros

“Os gatos reagiram de três formas, basicamente. Vários deles “cumprimentaram” seus donos e seguiram explorando o ambiente de forma mais tranquila do que antes. Os mais inseguros deixaram de explorar o lugar e ficaram agarrados aos donos, outros evitaram o dono quando ele retornou”. A maioria (dois terços) estava no primeiro grupo, o que demonstrou menos estresse com a presença do criador.

Os pesquisadores afirmaram que os resultados acabaram sendo muito parecidos com os que são obtidos em testes com cães e bebês. Com isso, a pesquisa conclui que sim, os gatos são tão apegados aos seus humanos quanto os cães e até mesmo quanto a bebês.