São muitos os cães pelo mundo, raças muito populares, de diversos tamanhos. No mundo das raças existem muitas diferenças, principalmente se falarmos dos vira latas. Devido a esta diferença, é possível aprender a conviver com os animais de forma grandiosa e enriquecedora, já que estes bichinhos são só amor.

Dicas de raças de cães para quem tem alergia a pelos

Mesmo que seja um cenário atrativo, surge a dúvida de qual melhor animalzinho para criar. E antes de fazer uma escolha, um fator precisa ser levado em conta, o temperamento e comportamento do cão poderão ser moldados por um tutor repleto de amor. Mas muitas vezes as características físicas do pet como a pelagem não. Quem possui alergia a pelos, a melhor alternativa é optar por um cãozinho que tenha pelos curtos.

Pontos positivos de ter cães de pelos curtos

Ao fazer uma comparação rápida com seres humanos, é possível perceber uma diferença entre animais de pelos grandes e os que contam com uma pelagem curta. Quem demora mais no banho por exemplo, é quem possui cabelos compridos ou curtos? É claro que pelos compridos dão mais trabalho, e é fundamental ter cuidado, tempo e jeito para deixar os mesmos limpos, sedosos e brilhosos.

Dicas de raças de cães para quem tem alergia a pelos

A troca de pelos também pode ser um problema, apesar de que os cães peludos e com pouco pelo realizam estes processos da mesma forma, os cães com muito pelo acabam sujando mais espaços onde vivem, levando em conta que como se trata de fios maiores são mais visíveis no piso ou nos móveis.

Existem boas alternativas de cães de pelos mais curtos, entre eles podemos citar o Akita Americano, o Akita Inu, o Basenji, o Beagle, Bloodhound, Boston Terrier, Boxer, entre outros.