O dia 17 de fevereiro acabou sendo reservado para fazer uma grande homenagem a um animal que acabou se tornando dos mais importantes para os humanos, em todos os sentidos. Os gatos disputam com os cachorros o título de animal de estimação predileto, inclusive ganhando a preferência em algumas regiões do planeta Terra.

Dia Mundial do Gato: confira curiosidades sobre o 17 de fevereiro

Mas uma dúvida que sempre surge sobre essa data é se ela realmente está correta. Afinal de contas, também existe um outro dia que acabou sendo criado para homenagear os gatos, dia 20 de agosto.

Mas existem algumas outras datas também. Por exemplo, na América, o dia escolhido para o gato foi 20 de fevereiro. O dia acabou sendo definido em função da morte de Socks, o gato mascote do ex-presidente dos EUA, Bill Clinton. Ele era um gato bicolor que ganhou a admiração das pessoas, pois fazia muitas travessuras na casa branca e até já apareceu sentado à mesa oval durante os eventos da imprensa.

Já na Europa, o dia escolhido foi 17 de fevereiro. Essa data surgiu graças à jornalista Claudia Angeletti, que votou nos leitores da revista “Tuttogatto” para defini-la. Portanto, o dia de hoje, 17 de fevereiro, acabou se tornando uma data de homenagens dos felinos mais comuns em países da Europa.

Dia Mundial do Gato: confira curiosidades sobre o 17 de fevereiro

Já o dia 8 de agosto foi definido através de uma série de iniciativas tomadas por uma organização animal sem fins lucrativos (IFAW) que posicionou a importância e o papel desse animal de estimação em todo o mundo.

Em todos os casos, as entidades que lembram o dia do gato, independente da data escolhida, gostam de fazer campanhas para que não seja apenas uma data de comemoração, mas sim de conscientização em relação aos problemas dos felinos.

São incentivadas ações como fornecer um lar temporário para os gatos que estão em situação de rua, promover a adoção responsável de gatos dentro da sua comunidade, desfazer mitos sobre doenças e superstições que ainda existem relacionadas aos gatos, levar o seu felino para exames e vacinas, etc.