Por Rodrigo Bueno

publicado em Curiosidades

Os cães se tornaram os grandes amigos dos homens, mas também podem ser considerados como artigos de luxo. Algumas raças acabaram se tornando muito valorizadas pelos mais variados motivos e por uma conjunção de fatores, que vão desde o fato dessas raças serem mais raras até pela procura mesmo das pessoas em uma determinada região.

Confira algumas raças que acabaram se tornando as mais caras no momento:

Pharaoh Hound

Conheça as raças dos 4 cachorros mais caros do mundo

Pelo nome acaba já entregando, trata-se de uma raça que tem como origem o Egito, já que a tradução do seu nome seria algo como “Cão de caça do faraó”. Ou seja, também indica que seus antepassados deveriam ser muito próximos destas que eram as figuras mais importantes da sociedade Egípcia. Inclusive existem histórias antigas que afirmavam que este cão seria uma representação do deus Anúbis na Terra. No Brasil, essa é uma raça rara, e seu valor pode chegar a R$ 4 mil.

Chinese Crested

Conheça as raças dos 4 cachorros mais caros do mundo

Essa é uma raça que também é considerada como muito rara no Brasil, mas existem alguns exemplares, cujo nome é “Cão da Crista Chinês”. Estes são considerados cães de origem muito antiga, sendo que os seus primeiros exemplares já eram encontrados na dinastia Han. Eles possuam basicamente dois tipos de pelagem: longos pelos na cabeça, pescoço, pés e cauda, sem pelagem no resto do corpo; ou pelos longos e sedosos uniformemente espalhados pelo corpo. Por aqui, os valores de venda dessa raça podem chegar a R$ 6 mil.

Spitz Alemão Anão

Conheça as raças dos 4 cachorros mais caros do mundo

Já essa é uma raça que se tornou um pouco mais popular no Brasil, mas a sua grande procura acaba realmente deixando ela bastante cara. Por aqui, eles se tornaram mais conhecido como Lulu da Pomerânia e contam com seus pelos longos e sedosos e temperamento um tanto quanto agitado na sua grande maioria. Mas também são muito dóceis e considerados como excelentes companheiros para que busca um cachorro de companhia. Os valores dos filhotes dessas raças podam aqui podem acabar chegando a R$ 10 mil.

Mastim Tibetano

Conheça as raças dos 4 cachorros mais caros do mundo

Já estes são muito raros no Brasil e em boa parte dos países do ocidente. A sua origem é a China, e até mesmo por lá essa raça não é encontrada tão facilmente. Eles são caracterizados especialmente pela sua pelagem espessa e vasta, além da sua capacidade de resistir a temperaturas muito baixas. Os valores destes filhotes podem chegar a valores que superam R$ 1 milhão.