Uma pesquisa feita pela Parker et al, que tinha como principal objetivo identificar e traçar a estrutura genética do cão doméstico de raça pura, conseguiu encontrar algumas raças que tinham pouquíssimas diferentes genéticas quando comparadas com os lobos. Essa foi a base de uma outra pesquisa que conseguiu encontrar algumas das raças mais antigas do planeta.

De acordo com os responsáveis pela pesquisa, foram revisados os marcadores moleculares em 85 diferentes raças de cães. Algumas que eram consideradas antigas, como Elkhound, Podengo Ibicenco e o Pharaoh, por exemplo, foram confirmadas como reproduções recriadas a partir da combinação de outras raças.

Mas algumas dessas raças mais antigas estão bem próximas aos humanos, sendo conhecidas pela maioria das pessoas. Confira algumas delas:

Chow Chow

Conheça 4 das raças de cachorros mais antigas do mundo

O nosso amigão peludo e de língua roxa é um dos mais queridos por pessoas no mundo inteiro. Tudo indica que ele tenha se originado na parte fria do norte da China, por volta de 150 – 200 aC, em um período conhecido no oriente como Dinastia Han.

Akita

Conheça 4 das raças de cachorros mais antigas do mundo

Outro cachorro muito querido dos brasileiros foi apontado como uma das mais antigas que existem até os dias de hoje. Descobertas arqueológicas afirmam que um cão chamado Matagi-Inu, que se acredita ser o ancestral do Akita, existiu entre 8.000 aC e 200 aC.

Husky Siberiano

Conheça 4 das raças de cachorros mais antigas do mundo

Os huskies acabaram se tornando muito populares no mundo inteiro, mesmo não se dando bem em climas mais quentes, como o do Brasil. Eles surgiram dentro da tribo Chukchi, grupo de pessoas que habitavam o território onde hoje é a Sibéria.

Shar-Pei

Conheça 4 das raças de cachorros mais antigas do mundo

Essa é uma raça que acaba sendo bastante caracterizada pelas suas dobras e rugas de pele, mas com um porte médio. Acredita-se que este cão também tenha surgido na China, por volta de 206 aC.