Fofuxo.com

Cães ajudam no pastoreio no interior do RS

Border Collie é um dos grandes aliados na condução dos rebanhos.

A relação próxima entre o homem e o cachorro começou há séculos atrás, quando as pessoas ainda descobriam quais seriam as habilidades destes animais que já se demonstravam facilmente domesticáveis. E foi no campo que muitas raças de cachorros começaram a ganhar destaque, especialmente na ajuda que eles davam no trato de outros animais de maior porte.

Cães ajudam no pastoreio no interior do RS

Dando um salto no tempo, muitas coisas mudaram. Os cães se tornaram, acima de tudo, animais de companhia. Mesmo assim, ainda existem muitos cães que trabalham no dia a dia ao lado do homem, em algumas atividades que acabam remetendo diretamente as atividades que eram realizadas no passado.

Para termos um bom exemplo disso, basta dar uma volta por algumas cidades localizadas no interior do Brasil, onde a principal atividade ainda está relacionada ao campo. No estado do Rio Grande do Sul, por exemplo, muitos criadores recorrem aos cães da raça Border Collie para ajudar no pastorei das ovelhas.

Reconquistando espaço

Um fato interessante sobre a utilização destes cães nas atividades relacionadas ao pastoreio no estado do Rio Grande do Sul é justamente a reconquista deste espaço pela raça Border Collie. Os criadores do estado estão novamente utilizando os animais para as atividades de condução do rebanho. Boa parte dos cães que estão sendo utilizados pelos criadores de ovelha, por exemplo, são de origem italiana.

Cães ajudam no pastoreio no interior do RS

Com os cães sendo utilizados por grandes criadores de ovelha na Fronteira do Brasil no RS, outros criadores da região também começaram a trazer estes cães para a sua propriedade. De acordo com os criadores, os cães desta raça são muito bons na condução de grandes rebanhos, conseguindo um trabalho rápido, além de ter um baixo custo de manutenção se comparado com outros meios de pastoreio.

Mercado

Com o crescimento da demanda, o estado do Rio Grande do Sul também está registrando um aumento considerável no mercado de treinadores de animais específicos para trabalho com pastoreio. Apesar de ser um extinto de algumas raças, ainda é preciso treinar os cães para que eles consigam desenvolver suas atividades em parceria com os humanos.

Segundo os adestradores, o trabalho inicial com raças como o Border Collie é criar uma base de obediência, para que o animal saiba exatamente o que precisa ser feito durante o seu trabalho no campo. A maioria dos comandos são dados em inglês, mas eles ressaltam que estes animais são inteligentes e conseguem se adaptar facilmente aos comandos dos próprios donos.

Postado em .


Pela Web

Comentários